Sexta-feira, 22 de junho de 2018
(67) 9918-9198

Ranchos existentes às margens do Rio Ivinhema podem ser demolidos

  • Techno Brisa16

Reda


Ranchos estão construídos em área de preservação permanente (APP) (Foto: Reprodução/Google Mapas) A validade da licença expedida pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), que autoriza a construção de ranchos em Área de Preservação Permanente (APP) às margens do rio Ivinhema, deverá ser analisada pelo Tribunal de Justiça (TJ-MS). A determinação é da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que atendeu um recurso especial do Ministério Público Estadual (MPE), autor da ação.


O objetivo é que construções existentes nas APPs sejam desocupadas, demolidas ou removidas. A ação também solicita o reflorestamento da área e indenização por danos ambientais. Segundo o Ministério Público Estadual, a licença concedida pelo Imasul teria sido anulada por decisão judicial proferida em ação civil pública. O MPE recorreu ao STJ contra a decisão do TJ-MS que considerava que a ocupação dos lotes já era uma situação consolidada e respaldada pela licença do Imasul.

Construções existentes nas APPs deverão ser desocupadas, demolidas ou removidas (Foto: Google Mapas) O relator do recurso é o ministro Mauro Marques. Para ele, o Tribunal deveria ter observado a validade de licença de operação do Instituto de Meio Ambiente. De acordo com o ministro, a corte estadual concluiu que haveria autorização do órgão competente para a utilização da APP, o que imprimiria contornos de legalidade à situação.

A Segunda Turma deu provimento ao recurso do MPE seguindo considerações do relator para anular a decisão do TJ-MS e determinar o retorno do processo ao Tribunal Estadual, com o objetivo de realizar um novo julgamento. Em decisão da Justiça da Comarca de Ivinhema, no mês de maio de 2013, o Poder Judiciário já teria dado parecer favorável à reintegração de posse de um imóvel existentes às margens do Rio Ivinhema, que deveria voltar à posse da Sociedade de Melhoramento de Colonização (Someco S/A), reconhecida naquela ocasião, como a verdadeira proprietária do lote.

No documento expedido pela Justiça, consta que a solicitação de usucapião, proposta pelas pessoas que ocupavam a área, foi indeferida, uma vez que, foi provado por meio de documento que, mesmo com a área sob os cuidados de pessoas físicas, a Someco continuou a quitar tributos e a defender a área em procedimento perante o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). (Com informações da Acrissul).

Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Em Jateí, trabalhadores encontram explosivo durante escavação de estrada vicinal

Para neutralizá-lo foi necessária ação de policiais militares técnicos do Batalhão de Operações Policiais Especiais

Baixa umidade do ar coloca 34 municípios do Estado em alerta

Índices podem chegar a 25% nesta sexta-feira, condição climática pode agravar problemas respiratórios

Armamento encomendado pelo PCC da Bahia é apreendido em MS

Fuzil, carregadores e munições seriam entregues em Salvador; Três pessoas foram presas

Arsenal que seria levado para Minas Gerais é apreendido na BR-463

Ao todo foram mais de 1.800 munições e 14 armas

VÍDEO: PRF testa novo bafômetro que agiliza flagrante de motoristas bêbados em MS

Equipamento aponta verde para 'negativo' e vermelho para quem usou bebida alcoólica e dirigiu veículo

Vereador Cido Santos pede melhorias na iluminação do Campo de Futebol do Adonai em Caarapó

O vereador apresentou outras indicações que visam ações e serviços para população

Distribuidoras param de entregar gás e volta risco de desabastecimento

Suspensão afetará 80% das revendas em Campo Grande e situação só deve se normalizar na segunda-feira, segundo o sindicato

Preso por tráfico de drogas é assassinado em cela de penitenciária em Dourados

Estava com cobertor amarrado no pescoço na grade do banheiro da cela

Ladrões invadem fazenda durante a madrugada e levam 18 cabeças de gado em Terenos

O caso foi registrado como abigeato na delegacia da cidade.

Petrobras anuncia redução de 1,11% no preço da gasolina nas refinarias

A partir de amanhã (22), o litro do combustível será vendido pela estatal por R$ 1,8634, 2 centavos a menos do que o R$ 1,8841 cobrado hoje


PUBLICIDADE
  • Jorge Mercado2
  • Puppa20
  • Zippy Modas24
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Prime Pedras27
  • Puppa31
  • Vidrosul33