• Viação Netto6
Terça-feira, 20 de fevereiro de 2018
(67) 9918-9198

Renais crônicos de Dourados e região podem ficar sem hemodiálise por falta de recursos

Clínica do Rim arca com prejuízo e fornecedores se recusam a entregar insumos: serviço pode parar.

  • Techno Brisa16

dourados agora

(Foto: Cido Costa/Douradosagora)

Pacientes renais crônicos correm o risco de ficar sem hemodiálise, em Dourados, o que pode custar a vida deles. O impasse é motivo de um manifesto público que ocorre nesta sexta-feira (09). para chamar a atenção do poder público.

O problema é que a Clínica do Rim (Dinefro), que presta serviço terceirizado ao Hospital Evangélico de Dourados, poderá deixar de atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) por falta de repasses que deveriam ser feitos pelo HE, que também não está conseguindo honrar o compromisso devido ao 'estrangulamento' dos recursos para atender à demanda da região.

O alerta é do presidente da Associação de Renais Crônicos de Dourados (Renasul), Feliciano Paiva. Segundo ele, a Clínica arca com prejuízo milionário, devido a falta de repasses. Por conta disso, a Dinefro será obrigada a suspender o serviço, enfatiza Paiva.

O município afirma que faz o repasse corretamente e que não tem condições de investir mais. O Hospital Evangélico, que passa por crise financeira, recorre ao Estado na busca de ajuda de custo.

"O hospital alega que tem prejuízo de R$ 4 800,00 por mês. Os fornecedores, que não receberam, não querem mais entregar insumos. E, se continuar assim, para tudo em alguns dias. Neste jogo de empurra, quem sofre são os mais de 260 pacientes de Dourados. Eles necessitam de hemodiálise, três vezes por semana, do contrário, podem ir à óbito. ", diz Paiva.

Segundo ele, outros setores da saúde pública sofrem com a escassez de verbas, como é o caso da cardiologia e oncologia. Outro serviço que estaria parado em MS, conforme Paiva, é o de transplantes de rins.

"A fila só anda quando alguém morre. "Muitos desistem do tratamento; desistem de viver este verdadeiro calvário que é fazer o tratamento em Mato Grosso do Sul", lamenta ele, observando que a captação de rins em Dourados também caiu no esquecimento.



PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • BIT Celulares22
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Puppa31
  • Vidrosul33