Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
(67) 9.9605-4139

Polícia civil de MS descarta que PCC tenha mandado matar policial

O assassinato de Wescley Dias Vasconcelos teria sido uma ação isolada de um grupo criminoso que atua na fronteira do Estado

  • Techno Brisa16


Carro da Polícia Civil usado por agente executado ontem em Ponta Porã (Foto: Leo Veras)

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul destacou que a morte do policial civil Wescley Dias Vasconcelos, 37 anos, tenha sido encomendada pelo PCC (Primeiro Comando da Capital). Conforme apurado pelo Campo Grande News, o assassinato teria sido uma ação isolada de um grupo criminoso que atua na fronteira do Estado.

Logo após a morte de Wescley, a polícia paraguaia afirmou que o investigador foi morto minutos depois de coletar as digitais de seis presos brasileiros, integrantes da facção, e por isso teria sido jurado de morte.

Segundo o delegado Márcio Shiro Obara, ao contrário do que divulgado pela polícia paraguaia, as investigação não ligam o assassinato do policial civil ao PCC (Primeiro Comando da Capital). “As investigações apontam que o crime foi uma ação isolada, não a mando de lideranças da facção”, explicou.

Para a polícia, a morte do investigador está ligada a um grupo criminoso que atua na fronteira entre Brasil e Paraguai e o fato de Wescley ter coletado as impressões digitais de seis brasileiros deportados do país nesta quinta-feira (8) não tem correlação com o crime.

Os suspeitos, todos integrantes do PCC e com várias passagens pela polícia, foram expulsos do Paraguai e quatro deles permaneceram detidos em virtude a mandados de prisão em aberto. Dois são apontados por envolvimento em homicídios e decapitações feitas pelo “tribunal do crime” em Campo Grande. 

Os seis integrantes do PCC foram deportados do Paraguai nesta quinta-feira (Foto: (Foto: ABC Color)

Mauro Roni Marques de Souza, Leonardo Caio dos Santos Costa, Thiago Bruz de Oliveira e Welington Felipe dos Santos Silva, foram levados de Ponta Porã para Dourados nesta tarde e de lá escoltados por policiais do Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) até Campo Grande, para serem interrogados.

O crime - Wescley Dias Vasconcelos, foi morto no início da noite de terça-feira (6) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. O investigador voltava do quartel da Polícia Nacional em Pedro Juan Caballero e estava em frente da casa em que morava quando foi atingido por 30 tiros de fuzil AK-47 calibre 7.62.

Conforme o ABC Color, assim que saiu da sede da Polícia Nacional em Pedro Juan em um Fiat Siena preto descaracterizado, que pertencente à frota oficial da Polícia Civil, Wescley foi seguido pelos pistoleiros em um Honda Civic e executado no meio da rua. Uma estagiária que estava no carro também foi ferida durante o crime.

Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!

Caixa Econômica libera abono do PIS para 1,8 milhão de trabalhadores

O abano do PIS é pago a quem, no ano-base, trabalhou com carteira assinada por um período mínimo de 30 dias, recebendo até dois salários mínimos, em média. Além disso, é preciso estar cadastrado no programa há, pelo menos, cinco anos

Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal

Campanha maliciosa divulga promoção falsa, que ofereceria presentes como bolsa térmica e seis unidades de refrigerante da Coca-Cola.

Risco de surto para dengue, zika e chikungunya atinge 39 municípios de MS

Todos os 79 municípios sul mato grossense realizaram o levantamento de infestação pelo Aedes. A capital, Campo Grande, está em situação de alerta

Em Dourados, operação cumpre mandados contra acusados de roubo e tráfico

Sete mandados de busca e apreensão e dois de prisão estão sendo cumpridos por policiais civis e militares

Casal é atingido por raio e jovem de 15 anos morre em Amambai

Adolescente de 15 anos estava na varanda de casa

Volta a chover em todo o MS a partir desta quinta-feira, diz Inmet

Pancadas de chuva se intensificam especialmente à tarde1

Homem morre ao ser atingido por raio em Rio Brilhante

A vítima seguia viagem na carroceria de uma picape Saveiro quando foi atingida

Onevan discute apoio à Aprendizagem Profissional com Justiça e Ministério do Trabalho

Deputado apoiará difusão do programa que assegura capacitação profissional a jovens entre 14 e 24 anos

Aprovado Projeto de Eduardo Rocha que inclui Cavalgada de Bonito no Calendário de Eventos de MS

A 4ª Cavalgada de Bonito aconteceu no último dia 23 de setembro, na qual o parlamentar participou e ficou impressionado com o envolvimento da população do município e animação de quem organiza

Renato Câmara propõe frente para proteção das unidades de conservação ambientais de MS

Parlamentar para desenvolvimento das unidades ambientais de conservação do Estado já conta com a adesão de mais de 30 instituições

Confira as ofertas para hoje em Jorge Mercado Atacarejo

Além de comprar barato, um lugar de fazer amigos

Em Dourados, vento causa nuvem de poeira em dia com sensação térmica de 37 graus

Após três meses chuvosos, estiagem já dura 12 dias e onda de calor bate recorde de temperaturas no ano

De cueca e rodeado de jacarés, homem é resgatado de riacho com sinais de hipotermia em Corumbá

os militares foram até a região que fica a 10 quilômetros do ‘Buraco das Piranhas’ depois que caminhoneiros viram o homem dentro de um ‘corixo’, área alagada da vazante de um rio. Lá, localizaram a vítima agarrada a vegetação em uma região onde a profundidade chega a oito metros

Filha acusa João de Deus de abuso sexual na infância

Dalva Teixeira abriu um processo, que segue sob sigilo, contra o pai


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Prime Pedras27
  • Sindicato Rural de Jateí32
  • Vidrosul33