Segunda-feira, 18 de junho de 2018
(67) 9918-9198

Polícia civil de MS descarta que PCC tenha mandado matar policial

O assassinato de Wescley Dias Vasconcelos teria sido uma ação isolada de um grupo criminoso que atua na fronteira do Estado

  • Techno Brisa16


Carro da Polícia Civil usado por agente executado ontem em Ponta Porã (Foto: Leo Veras)

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul destacou que a morte do policial civil Wescley Dias Vasconcelos, 37 anos, tenha sido encomendada pelo PCC (Primeiro Comando da Capital). Conforme apurado pelo Campo Grande News, o assassinato teria sido uma ação isolada de um grupo criminoso que atua na fronteira do Estado.

Logo após a morte de Wescley, a polícia paraguaia afirmou que o investigador foi morto minutos depois de coletar as digitais de seis presos brasileiros, integrantes da facção, e por isso teria sido jurado de morte.

Segundo o delegado Márcio Shiro Obara, ao contrário do que divulgado pela polícia paraguaia, as investigação não ligam o assassinato do policial civil ao PCC (Primeiro Comando da Capital). “As investigações apontam que o crime foi uma ação isolada, não a mando de lideranças da facção”, explicou.

Para a polícia, a morte do investigador está ligada a um grupo criminoso que atua na fronteira entre Brasil e Paraguai e o fato de Wescley ter coletado as impressões digitais de seis brasileiros deportados do país nesta quinta-feira (8) não tem correlação com o crime.

Os suspeitos, todos integrantes do PCC e com várias passagens pela polícia, foram expulsos do Paraguai e quatro deles permaneceram detidos em virtude a mandados de prisão em aberto. Dois são apontados por envolvimento em homicídios e decapitações feitas pelo “tribunal do crime” em Campo Grande. 

Os seis integrantes do PCC foram deportados do Paraguai nesta quinta-feira (Foto: (Foto: ABC Color)

Mauro Roni Marques de Souza, Leonardo Caio dos Santos Costa, Thiago Bruz de Oliveira e Welington Felipe dos Santos Silva, foram levados de Ponta Porã para Dourados nesta tarde e de lá escoltados por policiais do Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) até Campo Grande, para serem interrogados.

O crime - Wescley Dias Vasconcelos, foi morto no início da noite de terça-feira (6) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. O investigador voltava do quartel da Polícia Nacional em Pedro Juan Caballero e estava em frente da casa em que morava quando foi atingido por 30 tiros de fuzil AK-47 calibre 7.62.

Conforme o ABC Color, assim que saiu da sede da Polícia Nacional em Pedro Juan em um Fiat Siena preto descaracterizado, que pertencente à frota oficial da Polícia Civil, Wescley foi seguido pelos pistoleiros em um Honda Civic e executado no meio da rua. Uma estagiária que estava no carro também foi ferida durante o crime.

Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Chá de Revelação emociona a família de Rick Doces em Fátima do Sul

O evento emocionou todos os familiares e amigos que estiveram no Chá de Revelação

Obesidade atinge quase 20% da população brasileira, mostra pesquisa

Já o sobrepeso atinge mais da metade da população (54%)

Anvisa suspende venda de fraldas da marca Huggies Turma da Mônica

A medida, que determina o recolhimento dos estoques disponíveis no mercado, está sendo tomada porque a fabricante, a multinacional Kimberly-Clark, não seguiu adequadamente os procedimentos que garantiriam que o material do produto é atóxico e seguro para bebês

Fifa considera arbitragem de Brasil x Suíça correta, mas condena replay no telão

Equipe do VAR não vê falta em Miranda no lance do gol da Suíça. Entidade avalia repetição da jogada no estádio um erro

Sicredi Centro-Sul MS sorteia prêmios para associados em Fátima do Sul

O primeiro sorteio da promoção 'Poupar no Sicredi é Tudo de Bom' entregou uma caixa de som JBL, Flip 4, e um prêmio de R$ 2 mil, para dois associados da agência no município

Jateí realiza Campanha de coleta de pilhas e baterias alusiva ao dia do Meio Ambiente

Foram montados três ecopontos de recebimentos, sendo um na sede no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente e Turismo, na Gleba Nova Esperança na Escola Municipal Rural Jovelino Celestino dos Santos e Escola Estadual Joaquim Alfredo Soares Vianna no distrito

Concursos têm mais de 800 vagas abertas em MS e salários chegam a R$ 10 mil

Há oportunidades para candidatos em diversos níveis de escolaridade

Jovem dado como morto aparece no próprio velório em Pedro Juan Caballero

Aos familiares, o jovem afirmou que estava em outro local, trabalhando, e causou susto nos que estavam presentes no velório

Mandante de atentado contra prefeito de MS é brasileiro e mora no Paraguai

Transação imobiliária frustrada está entre motivações, mas para Polícia Civil esta ainda não é causa oficial


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Puppa20
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Puppa31
  • Vidrosul33