• Band FM5
Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
(67) 9.9605-4139

Professor e policial: principais vítimas do trabalho que adoece a mente

Levantamento realizado no ano passado entre pacientes da Cassems, para subsidiar artigo científico, aponta que os transtornos mentais e comportamentais predominam nos profissionais de educação (27%), segurança (19%) e saúde (17%)

  • Techno Brisa16

campo grande news

Entidade abriu atendimento psicológico a policiais militares. (Foto: Arquivo)

Os transtornos mentais relacionados ao trabalho têm como vítimas preferenciais professor, policial e agentes de saúde.

A prefeitura de Campo Grande registrou no ano passado 1.297 afastamentos de servidores por doenças psiquiátricas. Em 2013, o número foi ainda maior: 1.429 servidores. As categorias com maior índice de doenças psiquiátricas são professores e agentes comunitários de saúde.

“Um dos grandes problemas é a indisciplina, que gera bastante ansiedade, desencadeando uma série de problema psicológicos, emocionais”, afirma o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais de Educação Pública), Lucílio Souza Nobre.

O sindicato faz uma pesquisa sobre a saúde dos professores. O último levantamento foi feito há seis anos. “Para que tenha condições de falar as causas e principais problemas. Um boletim para ser entregue aos planos de saúde, para dar um suporte”, diz.

A reportagem solicitou em 4 de abril ao governo do Estado o número de afastamento de servidores por doença psiquiátrica e categorias, mas não recebeu resposta até a publicação da matéria.

Levantamento realizado no ano passado entre pacientes da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores), para subsidiar artigo científico, aponta que os transtornos mentais e comportamentais predominam nos profissionais de educação (27%), segurança (19%) e saúde (17%).

Para atender a demanda, o plano de saúde tem o Ciaps (Centro Integrado de Atenção Psicossocial) em Campo Grande, inaugurado em abril de 2016. A rede de atendimento conta com psiquiatra, psicólogo, terapeuta ocupacional, assistente social, enfermeiro e nutricionista.

De acordo com a psiquiatra Gislayne Budib Poleto, as categorias que mais buscam atendimento relacionados ao trabalho são policial, professor e bombeiro. “Também tem administrativo, técnico de enfermagem, enfermeiro, médicos. Encaminhamos para o psicólogo, terapia ocupacional. É um atendimento integrado”, afirma a especialista.

Rotina policial - “Não temos dados estatísticos, mas a gente sabe da necessidade do nosso pessoal. Tudo influencia na vida psicológica do policial, mal remuneração, problemas familiares, escala apertadíssima”, afirma o presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiro), Mario Sérgio Flores do Couto.

Ainda de acordo com ele, os policiais são sujeitos ao RDPM (Regulamento Disciplinar da Polícia Militar). “É arcaico, baseado no Exército. Ainda temos hoje quem comanda a ferro e fogo, impõe o RDPM, as punições. Tem policial que está enfrentando problema, precisa de transferência de cidade, mas não autorizam só por vaidade”, diz.

Nesta semana, a entidade passou a oferecer atendimento com psicóloga aos sócios e familiares. O serviço se soma ao que já é ofertado pela Cassems e pelo FAF, um fundo de amparo ligado ao Comando Geral. A ACS tem 3.200 sócios em Mato Grosso do Sul.

A psicóloga Alícia Izidre do Couto afirma que a profissão exige demais dos policiais e, por tabela, dos familiares. Além do controle externo inerente ao trabalho, como da imprensa e entidades ligadas aos direitos humanos.

“Hoje, o policial não tem autonomia para fazer o seu trabalho. Existe pressão, direitos humanos”, afirma. Segundo Alícia, os pacientes também tendem a ser mais fechados. “Não gostam de mostrar fraqueza, mas é um ser humano e precisa ser ouvido”, afirma.

Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!

Caixa Econômica libera abono do PIS para 1,8 milhão de trabalhadores

O abano do PIS é pago a quem, no ano-base, trabalhou com carteira assinada por um período mínimo de 30 dias, recebendo até dois salários mínimos, em média. Além disso, é preciso estar cadastrado no programa há, pelo menos, cinco anos

Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal

Campanha maliciosa divulga promoção falsa, que ofereceria presentes como bolsa térmica e seis unidades de refrigerante da Coca-Cola.

Risco de surto para dengue, zika e chikungunya atinge 39 municípios de MS

Todos os 79 municípios sul mato grossense realizaram o levantamento de infestação pelo Aedes. A capital, Campo Grande, está em situação de alerta

Em Dourados, operação cumpre mandados contra acusados de roubo e tráfico

Sete mandados de busca e apreensão e dois de prisão estão sendo cumpridos por policiais civis e militares

Casal é atingido por raio e jovem de 15 anos morre em Amambai

Adolescente de 15 anos estava na varanda de casa

Volta a chover em todo o MS a partir desta quinta-feira, diz Inmet

Pancadas de chuva se intensificam especialmente à tarde1

Homem morre ao ser atingido por raio em Rio Brilhante

A vítima seguia viagem na carroceria de uma picape Saveiro quando foi atingida

Onevan discute apoio à Aprendizagem Profissional com Justiça e Ministério do Trabalho

Deputado apoiará difusão do programa que assegura capacitação profissional a jovens entre 14 e 24 anos

Aprovado Projeto de Eduardo Rocha que inclui Cavalgada de Bonito no Calendário de Eventos de MS

A 4ª Cavalgada de Bonito aconteceu no último dia 23 de setembro, na qual o parlamentar participou e ficou impressionado com o envolvimento da população do município e animação de quem organiza

Renato Câmara propõe frente para proteção das unidades de conservação ambientais de MS

Parlamentar para desenvolvimento das unidades ambientais de conservação do Estado já conta com a adesão de mais de 30 instituições

Confira as ofertas para hoje em Jorge Mercado Atacarejo

Além de comprar barato, um lugar de fazer amigos

Em Dourados, vento causa nuvem de poeira em dia com sensação térmica de 37 graus

Após três meses chuvosos, estiagem já dura 12 dias e onda de calor bate recorde de temperaturas no ano

De cueca e rodeado de jacarés, homem é resgatado de riacho com sinais de hipotermia em Corumbá

os militares foram até a região que fica a 10 quilômetros do ‘Buraco das Piranhas’ depois que caminhoneiros viram o homem dentro de um ‘corixo’, área alagada da vazante de um rio. Lá, localizaram a vítima agarrada a vegetação em uma região onde a profundidade chega a oito metros

Filha acusa João de Deus de abuso sexual na infância

Dalva Teixeira abriu um processo, que segue sob sigilo, contra o pai


PUBLICIDADE
  • Jorge Mercado2
  • Zippy Modas24
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Prime Pedras27
  • Sindicato Rural de Jateí32
  • Vidrosul33