• Alisson Publicidade8
Quarta-feira, 18 de julho de 2018
(67) 9918-9198

Câmara aprova isenção de energia para famílias de baixa renda

Atualmente, a tarifa social de energia estabelece descontos ao consumidor de baixa renda cadastrado no valor de 65% no consumo registrado de até 30 kWh/mês; de 40% na faixa de 31 kWh até 100 kWh/mês; e de 10% na faixa de 101 kWh até 220 kWh/mês

  • Techno Brisa16

Agência Brasil

O plenário da Câmara aprovou, na noite desta terça-feira, dia 10 de julho, a gratuidade de energia para famílias de baixa renda com o consumo mensal de até 70 quilowatts-hora (kWh) por mês. A medida foi aprovada por meio de emenda ao texto do projeto de lei que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras na Região Norte.

Atualmente, a tarifa social de energia estabelece descontos ao consumidor de baixa renda cadastrado no valor de 65% no consumo registrado de até 30 kWh/mês; de 40% na faixa de 31 kWh até 100 kWh/mês; e de 10% na faixa de 101 kWh até 220 kWh/mês. A isenção no pagamento, atualmente, atinge apenas índios e quilombolas.

Pequenas centrais - Outra emenda aprovada permite às pequenas centrais hidrelétricas com pelo menos uma unidade geradora (turbina) em funcionamento terem seu prazo de autorização contado a partir da operação comercial dessa unidade, exceto as que tiverem penalidade pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quanto ao cronograma de implantação.

Após a aprovação da matéria, o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), questionou a origem dos recursos orçamentários para custear a isenção de pagamento da energia elétrica às famílias de baixa renda. “Eu preciso que alguém me informe qual o impacto no Orçamento do governo. Se alguém deixar de pagar a conta, outra pessoa vai pagar”, perguntou Maia.

O relator da proposta, deputado Júlio Lopes (PP-RJ), argumentou que a medida não geraria impacto porque o trecho já tinha sido negociada com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) durante a discussão da Medida Provisória 814/17, que perdeu a vigência antes de ser votada pelo Congresso.

Distribuidoras - Deputados concluíram na sessão de hoje a análise dos destaques que ficaram pendentes na semana passada. As seis distribuidoras que poderão ser colocadas à venda são: Amazonas Energia, Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron); Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre); Companhia Energética de Alagoas (Ceal); Companhia de Energia do Piauí (Cepisa); e Boa Vista Energia, que atende a Roraima.

Em maio, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou por unanimidade a publicação do edital de privatização dessas seis distribuidoras de energia elétrica.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Após 26 anos em queda, mortalidade infantil volta a aumentar em MS

No Estado, os dados registrados em 2016 voltaram a ser os mesmos registrados em 2014, representando um aumento de 6,61%

Aprovados em concurso da Prefeitura de Fátima do Sul são convocados para Provas de Títulos

A entrega dos Títulos será realizada na Escola Municipal Favo De Mel - CAIC

Confira as ofertas para hoje em Jorge Mercado Atacarejo

Além de comprar barato, um lugar de fazer amigos!

Homem perde mais de R$ 44 mil em golpe em Deodápolis

Golpista tinha registrado o anuncio na OLX, mas já retirou.

Apostador de MS faz 15 acertos na Lotofácil e leva prêmio de R$ 2 milhões

Uma aposta feita em São Paulo (SP) também acertou os 15 números e vai receber o mesmo valor

Concurso da Prefeitura de Naviraí com salários de até R$ 10 mil encerra inscrições hoje

Há oportunidades para profissionais da educação física e médicos

Conta de luz do sul-mato-grossense pode ter aumento de até 20% no próximo ano

Projeto faz consumidor pagar prejuízo por furtos, além de reajuste de receita de hidrelétricas1

Anvisa publica regulamentação inédita para suplementos alimentares

Medida vai proteger consumidores e assegurar que informações exatas estejam nos rótulos

Ponta Porã comemora 106 anos com culto ecumênico e entrega de obras

As comemorações pelo aniversário seguirão até o agosto, informou a prefeitura do município


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Prime Pedras27
  • Puppa31
  • Vidrosul33