• Alisson Publicidade8
Quarta-feira, 18 de julho de 2018
(67) 9918-9198

Em Deodápolis, MPE recomenda rescisão de contrato entre Prefeitura e escritório de advocacia

  • Techno Brisa16


Desde a última semana o MPE (Ministério Público Estadual) já comunicou a recomendação ao Prefeito Municipal de Deodápolis, Valdir Luiz Sartor para que de imediato promova a rescisão do Contrato Administrativo nº 037/2017 firmado entre o Município de Deodápolis e a Sociedade de Advogados Câmara & Trevisan Advogados Associados S/S.

Conforme apurou o Site Deodapolisnews, o promotor de justiça Dr. Anthony Állison Brandão Santos, fez a recomendação ao prefeito municipal e fez diversas considerações, entre elas é que o art. 89 da Lei nº 8.666/93 dispõe ser crime "Dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade: Pena - detenção, de 3 (três) a 5 (cinco) anos, e multa.".

Por isso, foi instaurado os autos de Inquérito Civil nº 06.2017.00001137-4, na Promotoria de Justiça de Deodápolis, e que foi apurada a existência do Contrato Administrativo nº 37/2017, referente ao Processo Licitatório nº 064/2017 e à Inexigibilidade nº 003/2017 (fls. 319).

Sendo que o promotor destacou, que o objeto do Contrato Administrativo é a “Contratação de Sociedade de Advogados especializada em direito público para prestação de serviços de consultoria jurídica, para as diversas secretarias e departamentos do município, que envolvem assunto coletivos, difusos e área pública (administrativos, constitucionais, tributários), que se diferenciem da complexidade cotidiana da procuradoria jurídica, incluindo consultoria na regulamentação e atuação no órgão do controle interno envolvendo ainda a representação e atuação junto ao Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, Tribunais Regionais, Tribunais Superiores e STF.

RECOMENDAÇÃO - Por isso, recomendou ao Prefeito Municipal de Deodápolis, Valdir Luiz Sartor, que no prazo de 5 dias após receber a recomendação, promova a rescisão do Contrato Administrativo nº 037/2017 firmado entre o Município de Deodápolis e a Sociedade de Advogados Câmara & Trevisan Advogados Associados S/S.

Ainda, imediatamente se abstenha de prorrogar o Contrato Administrativo nº 037/2017, como também imediatamente se abstenha de contratar diretamente, através de inexigibilidade de licitação, serviços jurídicos que não caracterizem situação de singularidade, sob pena de restar configurada a prática de ato de improbidade administrativa e do crime do art. 89 da Lei 8.666/93.

A promotoria destaca que o prefeito tem o prazo de 5 dias, para se manifestar sobre o caso, caso não se manifeste a promotoria irá entender que o prefeito recusou a recomendação e será adotado as medidas judiciais cabíveis, notadamente o ajuizamento de ação civil pública pela prática de ato de improbidade administrativa.

Para conferir na integra a recomendação do MPE, a prefeitura foi obrigada a divulgar no diário oficial do município, na edição Nº 235 do dia 04 de julho de 2018.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Após 26 anos em queda, mortalidade infantil volta a aumentar em MS

No Estado, os dados registrados em 2016 voltaram a ser os mesmos registrados em 2014, representando um aumento de 6,61%

Aprovados em concurso da Prefeitura de Fátima do Sul são convocados para Provas de Títulos

A entrega dos Títulos será realizada na Escola Municipal Favo De Mel - CAIC

Confira as ofertas para hoje em Jorge Mercado Atacarejo

Além de comprar barato, um lugar de fazer amigos!

Homem perde mais de R$ 44 mil em golpe em Deodápolis

Golpista tinha registrado o anuncio na OLX, mas já retirou.

Apostador de MS faz 15 acertos na Lotofácil e leva prêmio de R$ 2 milhões

Uma aposta feita em São Paulo (SP) também acertou os 15 números e vai receber o mesmo valor

Concurso da Prefeitura de Naviraí com salários de até R$ 10 mil encerra inscrições hoje

Há oportunidades para profissionais da educação física e médicos

Conta de luz do sul-mato-grossense pode ter aumento de até 20% no próximo ano

Projeto faz consumidor pagar prejuízo por furtos, além de reajuste de receita de hidrelétricas1

Anvisa publica regulamentação inédita para suplementos alimentares

Medida vai proteger consumidores e assegurar que informações exatas estejam nos rótulos

Ponta Porã comemora 106 anos com culto ecumênico e entrega de obras

As comemorações pelo aniversário seguirão até o agosto, informou a prefeitura do município


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Panificadora e Confeitaria Art's da Massa 123
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Prime Pedras27
  • Puppa31
  • Vidrosul33