• Viação Netto6
Terça-feira, 13 de novembro de 2018
(67) 9918-9198

Homem mata filho de 6 meses com um tiro no peito, após mulher recusar sexo, em GO

Foi preso em flagrante e confessou o crime

  • Techno Brisa16

extra

Bebê foi morto pelo próprio pai em Goiás Foto: Facebook/Reprodução

Um homem matou o próprio filho, um bebê de 6 meses, na madrugada desta quarta-feira, com um tiro no peito, no município de Luziânia, em Goiás, por ter se irritado com a recusa da mulher para fazer sexo com ele. Maycon Salustiano, de 25 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. A criança chegou a ser levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos.

À polícia, Maycon afirmou que tinha intenção de transar com a mulher, mas ela não quis. Ao ser contrariado, ele foi para outro cômodo e pegou uma garrucha calibre 22 e ameaçou atirar no bebê, que estava no berço no quarto do casal. De acordo com a delegada Caroline Matos, responsável pelo caso, Maycon perguntou se a mãe da criança duvidava de que ele seria capaz de disparar. Ela pediu para o marido manter a calma, mas não adiantou. Após dar seu depoimento, a mulher foi liberada.

— Os pais do Michael contaram ter ingerido drogas e bebidas alcoólicas antes de dormir. A mãe do bebê disse que seu marido acordou e falou nada com nada, tentou manter relação sexual com ela, e ela negou. Os dois começaram a discutir, quando o homem pegou uma arma, uma garrucha calibre 22, e voltou para o quarto. Primeiro apontou para a mulher, que pediu para ele manter calma, e depois apontou para criança, que estava no berço. O Maycon teria ficado indagando a Jennifer se ela duvidava do que ele faria — disse Matos.

A Polícia Militar foi acionada por uma vizinha por volta de 1h30 desta quarta-feira, que afirmou ter ouvido gritos de uma mulher pedindo socorro. No entanto, a mãe do bebê disse que não se lembra de ter gritado. Para a delegada, isso pode significar que ela tenha ficado em estado de choque. O bebê deu entrada na UPA cerca de 2h depois, mas ainda não se sabe ao certo o horário do disparo.

— A gente não sabe dizer o tempo que levou do disparo até a criança ser socorrida. A entrada na UPA foi por volta das 3h30. A mãe alega que depois do disparo teve um apagão, não sabe dizer se desmaiou ou dormiu, nem por quanto tempo. Quando acordou, correu para a UPA, mas o bebê já estava em óbito — afirmou a delegada, acrescentando que não foram encontrados antecedentes criminais contra o pai da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, Maycon foi autuado em flagrante por homicídio, mas pode ainda ser também indiciado por ter ameaçado a mulher.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Está na lista? Detran divulga relação com 12 mil multas cadastradas em 10 dias no estado

Os proprietários dos veículos listados são notificados e têm prazo de 15 dias para defesa ou para informar o condutor infrator

VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto

Cena foi gravada, igreja transmitia ao vivo em redes sociais

Crime no Inápolis: Diarista foi morta por homem que queria vingar a morte do pai

Foi atingida por várias facadas e morreu na frente da filha

Contratação de professores temporários em Dourados é investigada pelo MP-MS

A situação envolvendo os professores temporários é assunto de apuração do MP desde abril deste ano, quando denúncia chegou ao órgão logo depois de decreto assinado pela prefeita. Délia regulamentou a contratação em dezembro do ano passado e, segundo o MP, tinha objetivo de não gerar vínculo contratual com os professores

Coletor de lixo de Anaurilândia vai realizar sonho de cantar na TV

Adriano de Souza Pires deverá participar do Cidade Alerta MS nesta quinta-feira (15)

Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante

Vítima tentava arrombar porta da casa porque os vizinhos viram uma quantidade grande de fumaça saindo do imóvel

Receitas para medicamentos controlados passam a valer em todo o território nacional

Pelo texto sancionado, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, independentemente do estado em que tenha sido emitida. A regra vale inclusive para medicamentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regulamento

UFMS oferece mais de 1000 vagas em Mestrado e Doutorado

Estão em período de inscrição os cursos de Mestrado em Psicologia, Enfermagem, Ciência Animal, Educação Matemática, Ecologia e Conservação e os Doutorados em Ciência Animal, Educação Matemática e Tecnologias Ambientais

Senai abre inscrições para 24 cursos técnicos em MS

No total, são mais de 1,700 mil vagas distribuídas em 10 cidades

Abertura de frigorífico de peixes marca aniversário de Dois Irmãos do Buriti

Espera-se que a indústria gere até 150 empregos e, em médio prazo, passe a abater seis toneladas de pescado ao dia


PUBLICIDADE
  • Jorge Mercado2
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Puppa31
  • Vidrosul33