Terça-feira, 13 de novembro de 2018
(67) 9918-9198

Ex-diretora da Fetems foi morta por adolescentes que ‘acordaram com vontade de matar

Um dos adolescente era familiar da aposentada

  • Techno Brisa16

midiamax

A Polícia Civil resolveu o mistério em torno do assassinato da professora e ex-diretora da (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Maria Ildonei Lima Pedra, 70 anos. Segundo investigações, a educadora foi morta por um familiar, de 17 anos, e um amigo dele, outro adolescente também de 17 anos.

Maria Idonei foi encontrada morta na noite do último dia 1° na casa em que morava, no Bairro Jardim Leblon, em Campo Grande. Em depoimento à polícia logo depois de serem apreendidos nesta quinta-feira (13), os menores de idade se intitularam “psicopatas” e disseram que mataram a vítima porque, no dia em que o crime aconteceu, teriam “acordado com vontade de matar”.

“Na manhã do dia em que a professora foi morta o familiar dela chegou na escola e falou para o colega que estava afim de matar alguém e passaram a combinar como fariam isso”, explica o delegado Giuliano Biachio, responsável pelo caso.

Segundo o delegado, os menores de idade chegaram a desenhar o que seria a planta da casa em uma folha de papel e estudaram a maneira como abordaram a vítima para cometer o crime. “Eles chegaram na casa e como se tratava de um parente, ela abriu e ficou cerca de uma hora conversando com eles, até que foi atacada e atingida com uma facada no peito e no pescoço”, revela.

Após o crime, os garotos limparam a casa e posicionaram o crucifixo e duas taças de vinho próximo ao corpo. Nas taças havia dois papéis com os números 31 e 8, dia em que a educadora foi morta. “Eles usaram máscaras e luvas para matar a professora, mas limparam a casa porque queriam dar a falsa pista de que o crime tinha sido latrocínio”, relata Giuliano Biachio.

Também na delegacia o familiar da educadora disse que a idosa havia se desentendido com a mãe dele há algum tempo. O fato será investigado pela Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) que assume as investigações, no entanto, a polícia acredita que as informações não tenham ligação porque os meninos já haviam demonstrado o interesse de matar.  

Os adolescentes foram apreendidos nesta quinta-feira (13) depois que vizinhos apontaram ter visto os dois saindo da casa de Maria na noite anterior a que o corpo foi encontrado. Com eles foram encontrados quatro facas, inclusive a usada no homicídio, um soco inglês e duas revistas sobre psicopatia. Eles foram levados para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

A morte - A professora e ex-diretora da (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Maria Ildonei Lima Pedra, 70, foi encontrada morta em sua casa na noite de sábado (01), no Jardim Leblon em Campo Grande. A casa de Ildonei estava revirada com o portão aberto e, a professora foi encontrada morta na cozinha da residência.

Um filho da professora tentou contato com a mãe no sábado, e como não conseguiu, um irmão da professora então foi até a casa, encontrou o portão aberto e Maria Ildonei já sem vida dentro da residência, que estava toda revirada. Junto ao corpo foi encontrado um crucifixo.

Facas, simulacro e revistas foram apreendidos com os dois adolescentes (Foto: Graziella Almeida)


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Está na lista? Detran divulga relação com 12 mil multas cadastradas em 10 dias no estado

Os proprietários dos veículos listados são notificados e têm prazo de 15 dias para defesa ou para informar o condutor infrator

VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto

Cena foi gravada, igreja transmitia ao vivo em redes sociais

Crime no Inápolis: Diarista foi morta por homem que queria vingar a morte do pai

Foi atingida por várias facadas e morreu na frente da filha

Contratação de professores temporários em Dourados é investigada pelo MP-MS

A situação envolvendo os professores temporários é assunto de apuração do MP desde abril deste ano, quando denúncia chegou ao órgão logo depois de decreto assinado pela prefeita. Délia regulamentou a contratação em dezembro do ano passado e, segundo o MP, tinha objetivo de não gerar vínculo contratual com os professores

Coletor de lixo de Anaurilândia vai realizar sonho de cantar na TV

Adriano de Souza Pires deverá participar do Cidade Alerta MS nesta quinta-feira (15)

Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante

Vítima tentava arrombar porta da casa porque os vizinhos viram uma quantidade grande de fumaça saindo do imóvel

Receitas para medicamentos controlados passam a valer em todo o território nacional

Pelo texto sancionado, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, independentemente do estado em que tenha sido emitida. A regra vale inclusive para medicamentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regulamento

UFMS oferece mais de 1000 vagas em Mestrado e Doutorado

Estão em período de inscrição os cursos de Mestrado em Psicologia, Enfermagem, Ciência Animal, Educação Matemática, Ecologia e Conservação e os Doutorados em Ciência Animal, Educação Matemática e Tecnologias Ambientais

Senai abre inscrições para 24 cursos técnicos em MS

No total, são mais de 1,700 mil vagas distribuídas em 10 cidades

Abertura de frigorífico de peixes marca aniversário de Dois Irmãos do Buriti

Espera-se que a indústria gere até 150 empregos e, em médio prazo, passe a abater seis toneladas de pescado ao dia


PUBLICIDADE
  • Jorge Mercado2
  • Puppa20
  • Zippy Modas24
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Sindicato Rural de Jateí32
  • Vidrosul33