Segunda-feira, 22 de outubro de 2018
(67) 9918-9198

Fisioterapia pélvica previne doenças e fortalece músculos

Você já ouviu falar em fisioterapia pélvica? É uma especialidade da fisioterapia responsável por fortalecer o assoalho pélvico, evitando problemas causados pela perda de força naquela região, como incontinência urinária. Mas, o que seria o assoalho pélvico?

  • Techno Brisa16


Você já ouviu falar em fisioterapia pélvica? É uma especialidade da fisioterapia responsável por fortalecer o assoalho pélvico, evitando problemas causados pela perda de força naquela região, como incontinência urinária. Mas, o que seria o assoalho pélvico?

Sabe quando a gente “prende” o bumbum, pressionado os glúteos? Se você prestar atenção, este movimento contrai outro músculo, que está na região do períneo. O períneo, por sua vez, é a área entre a vagina (ou o pênis) e o ânus. O assoalho pélvico é um músculo parecido com uma rede, responsável por sustentar os órgãos pélvicos.

Fatores de risco e problemas mais frequentes

É comum ouvir relatos – especialmente de grávidas ou idosos – de escape de xixi quando a pessoa espirra, ou tosse. Este é um dos problemas mais comuns do enfraquecimento da musculatura pélvica. Além disso, há o risco de queda de bexiga, queda de útero (quando os órgãos caem do lugar natural e ficam muito próximos à vagina). Nos homens, as disfunções causadas por distúrbios no assoalho pélvico envolvem também impotência sexual.

Algumas dessas disfunções vêm da falta de exercícios, enfraquecimento dos músculos, obesidade, doenças relacionadas à bexiga, de cirurgias que possam machucar os nervos da musculatura pélvica e até mesmo da gravidez ou do parto. Um outro sintoma característico da falta de força na pelve é quando vamos ao banheiro muito mais vezes que o colega ao lado numa tarde de trabalho, por exemplo. Aquela sensação de não conseguir segurar o xixi e de que a bexiga está sempre cheia. Se você passa por isso, procure um especialista.

Mulheres e a fisioterapia pélvica: uma parceria para sempre

Durante a gravidez, à medida que o bebê cresce, vai sobrecarregando a musculatura da pelve. Com isso, a bexiga, coitada, vai ficando cada vez mais apertada, e menos resistente. Por isso fazemos xixi com tanta frequência quando estamos gestando. A fisioterapia pélvica ensina exercícios de fortalecimento e prevenção. Com o assoalho pélvico mais forte, a chance de ter bexiga baixa ou até uma laceração no parto vaginal é bem menor.

Outro momento da vida em que este tipo de fisioterapia é essencial é na menopausa. A redução do nível de hormônios na menopausa diminui o tônus muscular e pode provocar incontinência urinária.

A importância do especialista

Mas antes de sair por aí fazendo exercícios aleatórios e que prometem milagres, tenha muito cuidado. Somente um especialista pode avaliar as necessidades de cada pessoa e, a depender do problema, indicar os exercícios adequados. No caso de incontinência urinária, por exemplo, é fundamental o acompanhamento fisioterapêutico. É o profissional de fisioterapia pélvica que vai indicar a frequência, força e tipo do exercício que você deve fazer.

E, olha, não basta ir a uma sessão, achar que aprendeu tudo, e não voltar mais. O profissional vai ensinar exercícios que podem ser feitos fora do consultório, mas vai também verificar a necessidade de realização de movimentos diferentes, a depender da evolução (ou não) do paciente.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Incêndio destrói casa e móveis em Jateí

Foram queimados roupas, 4 camas com colchão, 4 máquinas de lavar roupa, 1 ar-condicionado, 2 fogões, 1 geladeira, 3 ventiladores e o documento de um dos morador

‘Tuzin’ morre após colidir em rotatória em Fátima do Sul

Ele seguia pela Avenida Nove de Julho, pilotando um moto, quando colidiu na rotatória defronte ao Terminal Rodoviário

Produtor rural encontra dezenas de animais mortos brutalmente em MS

12 carneiros mortos e várias galinhas. Porcos, vacas e bezerros que também estavam no local não foram atacados

Anvisa aprova três novos tratamentos contra o câncer

Remédios são para câncer de próstata e renal

IFMS oferta 1.350 vagas para cursos gratuitos em dez cidades

O prazo para final para inscrições é dia 5 de novembro

HR da fronteira convoca 64 aprovados em processo seletivo

A coordenação entrará em contato via telefone com os aprovados para realizar as contratações

Mega-Sena não tem acertadores e vai pagar até R$ 18 milhões na terça-feira

Na quina, 29 apostas foram premiadas com R$ 53.143,74. A quadra teve 2.665 apostas acertadoras que vão receber R$ 826,14, cada

Motorista morre e passageiro fica ferido após capotagem na BR-163

Entre os municípios de Jaraguari e Campo Grande

Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente

A família retornava de Bonito com Rogério Osiro ao volante de seu carro se envolveu em um acidente na quinta-feira à tarde, na BR-267, próximo a Maracaju

Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto em Dourados

O roubo ocorreu no Parque das Nações I por volta de 23h. Casal – ambos de 21 anos – trafegava no GM Corsa pela rua Venezuela, por volta de 23h e próximo ao viaduto sob a BR-163 resolveram parar. Homem armado se aproximou e anunciou o roubo do veículo

Gasolina sobe pela nona semana seguida e acumula alta de 6,76% em MS

O relatório aponta que somente na última semana, o combustível subiu dois centavos

Idoso é encontrado morto por enforcamento em Deodápolis

Pela manhã foi visto por populares carpindo em frente a sua casa

A caminho do velório de colega, PM é atropelado e polícia prende motorista

Condutor de carro teria tentado fugir, por isso foi detido no local


PUBLICIDADE
  • Jorge Mercado2
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Panificadora e Confeitaria Art's da Massa 123
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Sindicato Rural de Jateí32
  • Vidrosul33