• Viação Netto6
Terça-feira, 13 de novembro de 2018
(67) 9918-9198

DOURADOS: 'Você vai ver o inferno', diz condenado ao ameaçar juiz em audiência

Preso por assalto ameaçou juiz ao ser informado que voltaria para o semiaberto; após ameaça, juiz determinou que Gian Piero Angelim Bussu, o Alemão, volte para o regime fechado

  • Techno Brisa16

campo grande news

Gian Piero Angelim Bussu (1º à direita) no dia em que foi preso com outros membros da quadrilha (Foto: Arquivo)

O juiz Cesar de Souza Lima, titular da 3ª Vara Criminal e presidente do Tribunal do Júri em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, foi ameaçado por um presidiário nesta segunda-feira (5).

A ameaça ocorreu durante audiência por vídeo conferência, no momento em que o juiz comunicava a Gian Piero Angelim Bussu, 30, o “Alemão” que ele perderia o direito ao regime aberto e voltaria para o semiaberto por descumprir regras da progressão de regime.

“Você conhece o inferno? Você vai ver o inferno”, afirmou Alemão ao juiz. Após encerrar a audiência, Cesar de Souza Lima foi até a 1ª Delegacia de Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência contra o presidiário, que cumpre pena por roubo majorado.

Alemão tinha sido preso em Dourados, em fevereiro de 2016 pela Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

Ele e outros quatro membros da quadrilha atraíram um caminhoneiro de 64 anos de Nova Alvorada do Sul para Dourados, para roubar o caminhão, que seria levado para o Paraguai. Mas o assalto foi descoberto e o grupo preso em flagrante.

Condenação – Em maio de 2017, Gian Piero Angelim Bussu foi condenado a seis anos, dois meses e 20 dias de reclusão em regime fechado, no presídio de Naviraí.

No dia 28 de junho do ano passado, a Justiça autorizou a progressão para o regime semiaberto e permitiu a Gian trabalhar em empresas conveniadas com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Na época, ele estava internado na Santa Casa de Naviraí, com problemas psiquiátricos. O juiz da Vara de Execução Penal do Interior, Alexandre Antunes da Silva, concedeu autorização para Gian Bussu ficar três meses em tratamento, sem escolta policial, no Hospital Psiquiátrico Drº Adolfo Bezerra de Menezes, em Paranaíba.

No dia 11 de abril de 2018, o juiz César de Souza Lima, o mesmo que foi ameaçado hoje, concedeu ao condenado o livramento condicional, mediante uma série de medidas que Gian teria de cumprir, como arrumar emprego, comparecer mensalmente ao Juízo e não sair de casa após as 22h.

Em 24 de maio, César de Souza Lima determinou que Gian voltasse para o regime semiaberto por ele não comparecer para assinar o termo na Justiça e expediu novo mandado de prisão, cumprido no dia 14 do mês seguinte, em Campo Grande, onde Gian foi localizado.

Ameaça – Na audiência via vídeo conferência desta segunda-feira, o juiz revogou o livramento e determinou o restabelecimento do regime semiaberto. Entretanto, ao ser informado da revogação, o preso ameaçou o magistrado.

“Com cometimento deste novo crime, existe a possibilidade da regressão cautelar de regime. Desse modo, determino a regressão cautelar de Gian Piero Angelim Bussu, para o regime fechado e determino a abertura de inquérito policial para apuração do fato e instauração de sindicância”, decidiu César de Souza Lima.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Está na lista? Detran divulga relação com 12 mil multas cadastradas em 10 dias no estado

Os proprietários dos veículos listados são notificados e têm prazo de 15 dias para defesa ou para informar o condutor infrator

VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto

Cena foi gravada, igreja transmitia ao vivo em redes sociais

Crime no Inápolis: Diarista foi morta por homem que queria vingar a morte do pai

Foi atingida por várias facadas e morreu na frente da filha

Contratação de professores temporários em Dourados é investigada pelo MP-MS

A situação envolvendo os professores temporários é assunto de apuração do MP desde abril deste ano, quando denúncia chegou ao órgão logo depois de decreto assinado pela prefeita. Délia regulamentou a contratação em dezembro do ano passado e, segundo o MP, tinha objetivo de não gerar vínculo contratual com os professores

Coletor de lixo de Anaurilândia vai realizar sonho de cantar na TV

Adriano de Souza Pires deverá participar do Cidade Alerta MS nesta quinta-feira (15)

Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante

Vítima tentava arrombar porta da casa porque os vizinhos viram uma quantidade grande de fumaça saindo do imóvel

Receitas para medicamentos controlados passam a valer em todo o território nacional

Pelo texto sancionado, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, independentemente do estado em que tenha sido emitida. A regra vale inclusive para medicamentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regulamento

UFMS oferece mais de 1000 vagas em Mestrado e Doutorado

Estão em período de inscrição os cursos de Mestrado em Psicologia, Enfermagem, Ciência Animal, Educação Matemática, Ecologia e Conservação e os Doutorados em Ciência Animal, Educação Matemática e Tecnologias Ambientais

Senai abre inscrições para 24 cursos técnicos em MS

No total, são mais de 1,700 mil vagas distribuídas em 10 cidades

Abertura de frigorífico de peixes marca aniversário de Dois Irmãos do Buriti

Espera-se que a indústria gere até 150 empregos e, em médio prazo, passe a abater seis toneladas de pescado ao dia


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Sindicato Rural de Jateí32
  • Vidrosul33