Terça-feira, 13 de novembro de 2018
(67) 9918-9198

Energisa faz arrastão no combate ao 'gato' em Fátima do Sul

A operação, que teve 10 equipes, aconteceu em residências e estabelecimentos comerciais

  • Techno Brisa16


A Energisa participou junto com a Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (8/11) de mais uma ação de combate ao furto de energia no interior do estado. A operação aconteceu em residências e estabelecimentos comerciais de Fátima do Sul e envolveu 10 equipes da distribuidora.

As inspeções são realizadas com base em informações do sistema inteligente de combate a perdas da companhia que monitora constantemente o comportamento de consumo dos clientes, bem como qualquer violação no sistema de medição.

A pena para quem comete a fraude varia de 2 a 8 anos e para quem é beneficiado pela fraude, de 1 a 4 anos. Ao longo do dia, a ação continuará sendo realizada, e irá abranger novos bairros.

O gerente da Área de Combate às Perdas da Energisa, Ercilio Diniz Flores, explica que as fraudes comprometem a confiabilidade e qualidade da rede de distribuição de energia, e provocam uma concorrência desleal para aquele comércio que se beneficia. Além disso, a ação visa reduzir os custos que essas irregularidades geram para o consumidor. “Queremos reduzir os prejuízos para os nossos clientes. A sociedade não aceita mais esse tipo de prática. Hoje, há um impacto de 4% na conta de luz dos clientes por conta do furto de energia. Esse aumento já chegou a 7%”, afirmou.

A concessionária atua em todo o estado no combate a furtos de energia, uma obrigação regulatória determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Além de ser crime e gerar impacto nas tarifas de clientes regulares, as ligações clandestinas oferecem riscos à população já que podem ocasionar acidentes com choques elétricos, curtos-circuitos e incêndios.

Para denúncias, o cliente deve sempre entrar em contato com a Energisa pelo 0800 722 7272.


Quer receber notícias do Site MS News via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Está na lista? Detran divulga relação com 12 mil multas cadastradas em 10 dias no estado

Os proprietários dos veículos listados são notificados e têm prazo de 15 dias para defesa ou para informar o condutor infrator

VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto

Cena foi gravada, igreja transmitia ao vivo em redes sociais

Crime no Inápolis: Diarista foi morta por homem que queria vingar a morte do pai

Foi atingida por várias facadas e morreu na frente da filha

Contratação de professores temporários em Dourados é investigada pelo MP-MS

A situação envolvendo os professores temporários é assunto de apuração do MP desde abril deste ano, quando denúncia chegou ao órgão logo depois de decreto assinado pela prefeita. Délia regulamentou a contratação em dezembro do ano passado e, segundo o MP, tinha objetivo de não gerar vínculo contratual com os professores

Coletor de lixo de Anaurilândia vai realizar sonho de cantar na TV

Adriano de Souza Pires deverá participar do Cidade Alerta MS nesta quinta-feira (15)

Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante

Vítima tentava arrombar porta da casa porque os vizinhos viram uma quantidade grande de fumaça saindo do imóvel

Receitas para medicamentos controlados passam a valer em todo o território nacional

Pelo texto sancionado, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, independentemente do estado em que tenha sido emitida. A regra vale inclusive para medicamentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regulamento

UFMS oferece mais de 1000 vagas em Mestrado e Doutorado

Estão em período de inscrição os cursos de Mestrado em Psicologia, Enfermagem, Ciência Animal, Educação Matemática, Ecologia e Conservação e os Doutorados em Ciência Animal, Educação Matemática e Tecnologias Ambientais

Senai abre inscrições para 24 cursos técnicos em MS

No total, são mais de 1,700 mil vagas distribuídas em 10 cidades

Abertura de frigorífico de peixes marca aniversário de Dois Irmãos do Buriti

Espera-se que a indústria gere até 150 empregos e, em médio prazo, passe a abater seis toneladas de pescado ao dia


PUBLICIDADE
  • Farmácia Farma Centro 23
  • Serralheria e Calhas Cia Norte19
  • Móveis Brasília25
  • Drogaria Padre José Daniel26
PUBLICIDADE
  • Casa do pecuarista28
  • Puppa31
  • Vidrosul33