Taça Brasil conhece três classificados e time douradense dá adeus à disputa

| REDAçãO MS NEWS


Joinville bateu o Juventude na noite de ontem - Crédito: Mônia Cris/CBFS

Magnus Futsal (SP), Joinville EC (SC) e Cascavel Futsal (PR) estão garantidos na semifinal da 48ª Taça Brasil de Clubes de Futsal – Divisão Especial em Dourados , com o desfecho da quarta rodada, nesta quarta-feira (28). A competição da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) é apoiada pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, via Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

Adeus – Representante sul-mato-grossense e clube sediante, o Juventude AG precisava de pelo menos um empate para continuar vivo no torneio, mas foi derrotado pelo Joinville (SC) e deu adeus às chances de classificação. No primeiro tempo, o Tricolor catarinense praticamente habitou o campo ofensivo e não tomou grandes sustos. O time de Mato Grosso do Sul começou a emplacar jogadas e a criar oportunidades nos minutos finais. Mas nada de gols na primeira parte.

Com boa troca de passes, o AG melhorou no início da etapa complementar e saiu mais para o ataque. A defesa sólida, com linha de marcação bem montada, entretanto, continuou sendo a característica mais marcante. O Coelho, na base da pressão, conseguiu balançar a rede, provocando erro na saída do Juventude. Caio recuperou bola pelo meio e passou para Fabinho pela ala esquerda, que disparou na saída do goleiro Bigode.

Precisando do empate, o técnico Lucas Chioro decidiu arriscar e colocou todo o time no campo de ataque, além de lançar Lineker como goleiro-linha. Este, a 25 segundos do término, teve a chance de empatar, após receber passe açucarado de Lucas Freitas, mas errou o domínio e deixou a bola escapar para as mãos de Willian. Depois da defesa, o goleiro imediatamente chutou para o gol vazio, sacramentando a vitória do JEC.

“Faltou perna, temos elenco reduzido e viemos de muitos jogos. Pecamos com a falta de atenção”, justificou o ala Lucas Freitas, um dos destaques do Juventude na partida. “Jogos contra grandes equipes é sempre decidido no mínimo detalhe e hoje foi assim. Estávamos buscando o gol e infelizmente acabamos sofrendo”, finalizou.

100% e classificado – Passo Fundo (RS) e Magnus (SP) entraram em quadra determinados a sair com a classificação antecipada no grupo A. Na primeira etapa, o campeão estadual de São Paulo foi melhor. Com maior volume de jogo, por vezes teve os cinco homens no campo adversário. Apesar de inúmeras chances criadas, a bola insistia em não entrar, com boa atuação do goleiro da equipe gaúcha. Do outro lado sorocabano, Djony também garantiu o zero no placar nos primeiros 20 minutos.

O Magnus voltou do intervalo martelando ainda mais o oponente. Tal qual “pedra mole em água dura, tanto bate até que fura”, o ataque da equipe de Sorocaba conseguiu, enfim, furar a meta passo-fundense. Ricardinho chutou cruzado para abrir o placar. No embalo do gol inaugural, o atual campeão invicto da Liga Nacional de Futsal (LNF) achou o segundo. Danilo Baron tocou para Sinoê, que girou em cima do marcador e concretizou com força.

Sinoê marcou mais um, só que contra. O pivô empurrou, de carrinho, contra o próprio patrimônio após tentar interceptar cruzamento rasteiro de Ian: 2 a 1. No fim, Leozinho, livre na segunda trave, recebeu passe rasteiro e só escorou para selar a vitória. Com nove pontos no grupo A e 100% de aproveitamento, o Magnus está assegurado na semifinal e pode até perder na última rodada.

Deu trabalho – O Cascavel Futsal (PR) venceu, mas teve de suar a camisa para superar o valente Abílio Nery (AM) em sua última partida na fase de grupos. O time sulista ficou em apuros com os contragolpes fatais do adversário, que resultaram nos três primeiros gols. A equipe da capital amazônica, apostando na marcação baixa, mostrou sua força ao tirar o zero do placar logo no minuto inicial. Alderilson, o AD, roubou a bola de Gustavinho no círculo central, partiu em direção ao gol e chutou por baixo das pernas de Deivão.

Gustavinho redimiu-se do erro, fez bonita jogada individual pelo flanco esquerdo e deixou Alef na cara do gol, para empatar. A Serpente, todavia, saiu novamente jogando errado. Mais uma vez, o “ladrão” AD leu bem o passe adversário, tomou a bola no meio e presenteou Geannini com lançamento, para finalizar e colocar o Abílio à frente.

De fato, o clube de Manaus estudou bem as principais falhas do Cascavel e encarou com coragem o atual líder geral da LNF. Após mais um troca de passes interceptada, Cleitinho pediu bola pela esquerda e ampliou. A vantagem, no entanto, acabou por aí. O representante paranaense lançou-se ao ataque e, antes do fim do primeiro tempo, diminuiu. Em jogada ensaiada de falta, Humberto encontrou Pintinho no pé do poste, só escorando para o fundo. Faltando menos de 30 segundos para o descanso, Dieguinho cobrou lateral para Roni, que correu por trás da defesa, e deixou tudo igual.

No segundo tempo, o técnico Cassiano Klein colocou Rafinha, que entrou incendiando a partida e logo anotou o seu. Pintinho bateu escanteio na medida para o camisa 55 pegar de primeira, à meia altura, e virar o jogo. Uma das armas da equipe cascavelense, Pintinho serviu Gustavinho, que chegou batendo com potência, cruzado e rasteiro, para morrer no gol: 5 a 3. O adversário do Norte, por outro lado, não estava morto. Após cochilada da defesa do Cascavel, Cleyton entrou por trás do último marcador e tocou na saída de Deivão.

Só faltava o dele. Autor de duas assistências, Pintinho matou o jogo, no momento em que a equipe sofria pressão manauara. Pela direita, Gurgel deixou dois oponentes no caminho e deu rolou para o ala arrematar à baliza. Final de jogo: 6 a 4. Com o triunfo, o Cascavel chega a 10 pontos, lidera o grupo B e também avança à semifinal. Agora, espera a definição de seu adversário. Já o Abílio Nery vai lutar na última rodada da fase classificatória para manter o estado na elite da Taça Brasil.

Sem pontuar – A Apaefs/Buybet, outro representante de Mato Grosso do Sul, ainda não sabe o que é marcar gols e somar pontos na Taça, em três jogos. Nesta quarta-feira (28), o time da capital foi superado pela Portuguesa (RJ). A etapa inicial foi equilibrada até o último minuto, quando a Lusa resolveu aprontar.

Após chances seguidas desperdiçadas pela equipe sul-mato-grossense, a representação carioca saiu em vantagem com Tuca, que limpou para o meio e bateu firme, de fora da área. Ainda no embalo, Vinicius aproveitou rebote do goleiro Kelson e ampliou. Fim de jogo: 2 a 0. O resultado positivo lusitano deixa o estado do Rio de Janeiro perto de se manter na Divisão Especial.

Última vaga – Minas Tênis Clube (MG) e Passo Fundo Futsal (RS) fazem duelo decisivo nesta quinta-feira (29), às 13 horas (horário de MS), para definir a última vaga à semifinal. Integrantes do grupo A, ambas as equipes têm seis pontos, mas a gaúcha está à frente, em segundo lugar, pelo critério do gol average (divisão do número de gols marcados pelos sofridos).

Confira os confrontos da última rodada da fase classificatória, nesta quinta-feira (29):

13h: Minas Tênis Clube (MG) x Passo Fundo (RS)

15h: Joinville (SC) x Abílio Nery (AM)

17h: Magnus Futsal (SP) x Apaefs/Buybet (MS)

19h: Juventude AG (MS) x Unidos do Cruzeiro (DF)

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE