Cão morre de frio e dono volta para cadeia um dia após sair de presídio

| GABRIEL NERIS E CRISTIANO ARRUDA / CAMPO GRANDE NEWS


Animal encontrado morto em varanda de residência (Foto: Marcos Maluf)

Um cão vira-lata morreu de frio na madrugada desta quinta-feira (29), em Campo Grande e duas pessoas foram presas no Jardim São Conrado por maus-tratos.

Um deles, o dono da residência, havia saído do presídio e colocado tornozeleira eletrônica no fim da tarde de ontem. Ele responde criminalmente por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Maércio Alves, titular da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), a denúncia de animal morto levou uma equipe da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) a residência. A fiscalização confirmou o óbito do animal e acionou a Polícia Civil.

No local, os policiais encontraram um rapaz, amigo do dono da residência, que dizia estar sozinho em casa. Após ser pressionado, ele contou que o proprietário estava e também estava acompanhado de uma criança, que não teve a idade divulgada.

Os policiais encontraram o cão morto na varanda e outro animal, também vira-lata, preso a uma corrente de pouco mais de meio metro, dificultando a sua locomoção. Os dois animais aparentavam estar bastante magros, indicando que não eram alimentados corretamente.

A Polícia Civil encontrou munições dentro da casa e ainda procuram por arma de fogo. Os dois foram presos. Os policiais também tentavam contato com a mãe da criança para buscá-la. O animal vivo foi levado para ser cuidado na delegacia responsável.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE