Prefeitura e Uems agilizam parceria para conservação da Usina Velha em Dourados

Atividades de georreferenciamento foram intensificadas nos últimos e fazem parte do projeto de recuperação patrimônio histórico municipal

| MIDIAMAX


Projeto envolve professores e acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária - Uems

Equipes técnicas do Lasange/Uems (Laboratório de Modelagem em Saneamento e Geotecnologia ), vinculado ao curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da  Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), realizaram atividades de campo referentes ao georreferenciamento de pontos e instalação de marcos de concreto na região da Usina Velha em Dourados.

As atividades de apoio foram realizadas em atendimento à solicitação de apoio do IMAM (Instituto Municipal de Meio Ambiente), decorrentes da necessidade de levantamento planialtimétrico na área da Usina Velha, que servirão de base para a nortear os projetos de recuperação/conservação da área, que faz parte do patrimônio histórico municipal.

Fizeram parte do levantamento de campo, por parte da UEMS, os profs. Drs. Vinícius Ribeiro (Coordenador/LASANGE) e Nelison Corrêa, e as discentes do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária Pedrita Souza e Jéssica Valdovino. Do IMAM, participaram os servidores Cristiano Rodrigues, Wanilton Finamore, Márcio Camilo e Daniel Nery.

“Atividades de apoio à comunidade externa, como esta que realizamos hoje, são de fundamental importância por diversos aspectos. Deste modo é possível levar a expertise da UEMS mais próxima às demandas da sociedade, além de propiciar aos acadêmicos do curso um vislumbre de atividades práticas relacionas à sua futura atuação profissional', destacou o professor Vinícius.

“Essas atividades de campo são essenciais para enriquecer nossa formação complementar, e nos ajudam a vivenciar um pouco do que nos espera no mercado profissional. É muito legal e construtivo', ressaltaram as acadêmicas.

Para o Diretor Presidente do IMAM, Wolmer Sitadini, “a parceria do IMAM com a UEMS mostra o fortalecimento do apoio entre as instituições que tem como uma das principais finalidades garantir a qualidade ambiental, social e econômica da população douradense. Este é apenas o começo de uma grande parceria firmada entre nós que gozará grandes êxitos a curto, médio e longo prazo', relatou.

Filinto Muller

A Usina Filinto Muller, também conhecida como “usina velha', foi construída em 1949 com o objetivo de produzir energia elétrica para o município, além de oferecer serviços de serraria, carpintaria e oficina mecânica. No ano de 2015 o local foi tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade, tornando-se ponto turístico. Atualmente a usina encontra-se fechada para visitação pública e passará por projetos de revitalização para sua reabertura.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE