Após 10 anos de espera, paciente de Campo Grande recebe transplante de rim e comemora vida nova

Paciente recebeu alta dez dias depois de cirurgia na Santa Casa

| MIDIAMAX


Paciente recebeu alta nesta quarta-feira - (Foto: Divulgação / Santa Casa de Campo Grande)

Depois de dez anos na fila de espera, o paciente Sérgio Pereira, de 42 anos, passou por um transplante renal no dia 18 de julho. Sérgio fazia hemodiálise três vezes por semana e nesta quarta-feira (28), recebeu alta da Santa Casa de Campo Grande.

A doença progrediu de forma rápida e silenciosa. Sérgio relata que no início não sentia nada, mas quando os sintomas começaram a surgir, o quadro clínico já era bastante delicado. “Eu descobri que precisaria de um transplante renal, por ter pressão alta e não ter me cuidado, isso fez com que meus rins atrofiassem', disse ele.

Já em sua residência, o paciente que cogitava em comprar muletas para conseguir andar devido à dor que sofria nas pernas, está se adaptando à nova vida, ainda em recuperação da complexa cirurgia a que foi submetido. “Quero me restabelecer para voltar a viver normalmente, seguindo sempre o que me for orientado pela equipe médica para manter esse rim até o fim da minha vida', afirma Sérgio.

Além de comemorar essa vida nova, ele agradeceu toda a equipe responsável pelo procedimento, aqueles que o acompanham diariamente e principalmente a família do doador.

“Agradeço a Deus em primeiro lugar, depois ao anjo que entrou em minha vida que foi a Drª Rafaella. E não poderia deixar de agradecer especialmente a família que autorizou a doação dos órgãos, eu agradeço por eles terem permitido com que eu tivesse uma nova chance. Agora vou continuar me cuidando', comenta.

De acordo com a médica nefrologista da Santa Casa, Dra. Rafaella Campanholo, que acompanha o paciente, a implantação do novo órgão foi um sucesso e sua recuperação também, agora basta que ele tome todos os cuidados recomendados para que possa ter uma vida renovada.

A equipe médica responsável pelo sucesso do transplante foi composta pelos médicos urologistas Dr. Guilherme Salati Stangarlin, Dr. Gustavo Dutra e a médica nefrologista Dra. Rafaella Campanholo Grandinete. Também foram importantes no procedimento os médicos anestesistas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, instrumentadores e demais profissionais do centro cirúrgico da Santa Casa.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE