Corpo de piloto corumbaense foi encontrado a 16 Km dos destroços de avião que caiu no mar

Mãe de piloto está a caminho de São Paulo

| MIDIAMAX


(Reprodução)

O corpo resgatado do mar, na região de Paraty, no Rio de Janeiro é do piloto corumbaense, Gustavo Calçado Carneiro, de 27 anos. Além dele, outras duas pessoas estavam na aeronave que caiu na manhã de quarta-feira (24).

O corpo de Gustavo estava a 16 quilômetros de distância de onde estavam os destroços do bimotor que saiu de Campinas, em São Paulo e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Na manhã de quarta-feira (24), por volta de 11h, Gustavo chegou a fazer 'check-in' no Facebook informando que estava no Aeroporto Campo dos Amarais, em Campinas.  

Leila Reis Calçado, mãe do piloto, contou que recebeu a notícia do acidente ontem à noite quando voltava de um culto em Ladário. A última notícia sobre as buscas teve pela manhã desta quinta-feira (25). 'Eu não quero ver TV, não quero ver nada no jornal. Estou rezando porque tenho esperança que vão encontrar meu filho com vida', disse ela emocionada ao site Diário Corumbaense.

A família chegou a Corumbá quando Gustavo tinha cinco meses. Ele ficou lá até o Ensino Médio, quando se mudou para cursar Ciências da Aeronáutica e fez cursos para se tornar piloto. De acordo com Leila, Gustavo teria planos de montar uma companhia aérea em Corumbá.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE