Nova variante da Covid-19 gera tensão global e dólar dispara

Segundo o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, o momento vai exigir uma habilidade muito grande dos bancos centrais ao redor do mundo

| CANAL RURAL


O temor de uma nova variante do novo coronavírus derrubou as bolsas no mundo ao longo desta sexta-feira (26).

Às 11h58, o Ibovespa, índice de referência para a Bolsa de Valores brasileira, recuava 3,64%, a 101.957 pontos.

O dólar comercial avançava 0,61%, a R$ 5,5990. Na máxima do dia, a divisa chegou a saltar 1,38%, a R$ 5,6424.

As commodities mais importantes para o mercado brasileiro também sofriam o impacto, com destaque para a forte queda do petróleo. O barril do Brent recuava 5,25%, a US$ 77,90 (R$ 427,03). Os contratos futuros de minério de ferro desabaram 4,87%.

No mercado internacional, a nova variante da Covid-19 também derrubava as cotações da soja, milho, trigo e açúcar.

Segundo o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, o grande problema neste momento é que o mundo está vivendo um processo de inflação. “É uma cenário muito difícil, que vai exigir muita habilidade dos bancos centrais ao redor do mundo. A grande necessidade neste momento é gerenciar a expectativa', afirma.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE