Professores da UFMS decidem por greve, mas sem data definida

Nova assembleia está marcada para terça-feira (24), quando será decidido o dia da paralisação

| KARINE ALENCAR / CAMPO GRANDE NEWS


Entrada do câmpus da UFMS na Capital (Foto: Paulo Francis)

Em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (18), os professores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) aprovaram a greve da categoria. Apesar da decisão, a data em que os docentes devem paralisar as atividades ainda não foi definida.

A reunião geral no formato online, contou com a presença de pelo menos 69 profissionais e foi decidida diante de 49 votos favoráveis a 9 contrários. Agora, o parecer deve ser encaminhado ao Andes (Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior).

Assim, caso as demais instituições do Brasil resolvam aderir a greve, Mato Grosso do Sul irá acompanhar e apoiar a proposta, que luta pelo reajuste salarial de 19,99%.

Contudo, uma nova assembleia está marcada para terça-feira (24), às 14h, onde será definida a data para a paralisação e o número de profissionais que devem integrar a base da manifestação.

A reivindicação pela recomposição salarial faz parte de um movimento nacional, coordenado pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe).

No dia 28 de abril, houve uma paralisação com aulas públicas em todas as unidades da UFMS. As aulas tiveram como objetivo explicar à comunidade acadêmica os motivos das reivindicações. Desde 2017 os servidores federais não recebem correção salarial.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE