Importações; carnes brasileiras tem aumento de 30% na receita entre janeiro e maio

| DOURADOSNEWS / JHONATAN XAVIER


Até a terceira semana de maio deste ano, o Brasil já exportou 720 mil toneladas de carne bovina - Crédito: SENAR-MS/Reprodução

Há uma semana de terminar o mês de maio, o Brasil já exportou, de janeiro de 2022 até essa terça-feira (24), 720 mil toneladas de carne bovina, um volume 20% maior que os cinco primeiros meses de 2021, quando foram embarcados 595 mil toneladas.

Os números apontam também um crescimento na receita que deve superar o recorde de exportação, de 2021, quando o país embargou um total de 7,44 milhões de toneladas.

Por outro lado, as exportações de carne suína têm sofrido quedas consideráveis, agravados pelas questões internacionais com a China, principal cliente da carne suína brasileira, que recompôs o plantel e impôs uma sobretaxa, dificultando a importação.

As estimativas para esse ano é que o Brasil deve repetir o mesmo desempenho de 2020, com aproximadamente 900 mil toneladas exportadas.

Já a carne de frango, proteína mais exportada pelo Brasil, segue com desempenho semelhante ao do ano passado e já exportou 1,17 milhão de toneladas entre janeiro e a terceira semana de maio. Volume 10% acima de janeiro a maio de 2021.

No somatório das três proteínas, entre janeiro e a terceira semana de maio, o Brasil já embarcou 2,72 mi toneladas, contra 2,69 mi toneladas de 2021. Em receita o desempenho é ainda melhor, com um crescimento de 30%”.  

*Com informações do Canal Rural

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE