Para o Carnaval de 2018, que começa na próxima sexta-feira (09), a Secretaria Estadual de Saúde vai distribuir 1,5 milhão de preservativos aos foliões de Mato Grosso do Sul. Também serão entregues milhares de kits com abanicos, porta-celulares e flyers, contendo informações sobre prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis, além de testes rápidos com foco nos jovens de 15 a 24 anos.

A campanha de Carnaval- cujo tema será voltado a queda do dito popular de que “essas coisas não acontecem comigo” - vai contemplar os 79 municípios, sendo que 20 deles são encarregados pela programação das ações preventivas. Todos terão disponíveis preservativos femininos e masculinos, gel lubrificante e testes rápidos.

Por meio do Programa Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, serão distribuídos cerca de 20 mil abanicos, 10 mil flyers e 20 mil porta-preservativos e porta-celulares, aos 59 municípios que não recebem incentivo financeiro federal para essas ações específicas.

Em Campo Grande já foram distribuídos 158 mil preservativos desde o início da campanha, na última sexta-feira (2). As ações estão programadas para ocorrer durante 7 dias de folia, com previsão de distribuir 500 mil preservativos.

No dia 10, acontecem simultaneamente duas blitz na Avenida Afonso Pena, com o cruzamento das ruas Rio Grande do Sul e 14 de Julho, além de distribuição de preservativos no Bloco Cordão Valu e estabelecimentos parceiros.

Entre os dias 11 e 13 a campanha acontece no Desfile das Escolas de Samba na Praça do Papa, clubes e bares da cidade, blocos de carnaval na Esplanada Ferroviária e Praça Aquidauana e no Grito de Carnaval na Praça do Rádio. A programação inclui conscientização no dia 17, com distribuição de material no bloco Capivara Blasé.

Perigo - A alguns dias de uma das mais tradicionais e animadas festas brasileiras, dados da Secretaria Estadual de Saúde alertam: em apenas um ano, houve aumento de 64% no número de casos de Aids em Mato Grosso do Sul. Em 2016 foram 1.043 notificações, com salto para alarmantes 1.725 novos registros em 2017, principalmente em jovens.

Os últimos levantamentos da secretaria apontam que os jovens a partir de 15 anos são os mais vulneráveis – reflexo da despreocupação com o uso do preservativo. Do total de novos casos registrados no ano passado, 1.115 (64,4%) possuíam entre 15 e 39 anos, sendo 1.131 (65,5%), do sexo masculino.

Quer receber notícias do Site Vicentina Online via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9918-9198 e se cadastre gratuitamente!

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


LEIA MAIS

Discovery Sport 2019 chega com Versão Especial Landmark Edition> veículos
Discovery Sport 2019 chega com Versão Especial Landmark Edition
Modelo vem equipado com motor Ingenium 2.0 Turbo Diesel capaz de gerar 180 cv de potência e 430 Nm de torque

Ministério Público de MS baixa novas regras sobre sigilo em inquéritos> confira
Ministério Público de MS baixa novas regras sobre sigilo em inquéritos
Enunciado aprovado em Conselho Superior adequa normas às previsões do CNMP e à Lei de Acesso à Informação; dados pessoais serão protegidos por

Após denúncias de valores abusivos, Energisa aceita parcelar faturas em até 4 vezes em MS> mato grosso do sul
Após denúncias de valores abusivos, Energisa aceita parcelar faturas em até 4 vezes em MS
Moradores podem procurar empresa a partir desta quarta-feira (23)

Vereador terá de prestar serviço comunitário por acidente que matou manicure em MS> decisão
Vereador terá de prestar serviço comunitário por acidente que matou manicure em MS
Ayrton de Araújo (PT) ainda terá de pagar R$ 9,9 mil para entidade social e teve a habilitação suspensa por dois meses

Esperando amputação, paciente aponta descaso em hospital da fronteira> Confira
Esperando amputação, paciente aponta descaso em hospital da fronteira
Paulista Juvenal Neto está internado há duas semanas em Ponta Porã; Secretaria de Saúde diz que Instituto Gerir recebeu R$ 3,6 milhões neste mês

Tribunal de Justiça nega retirar feminicídio do caso Mayara Amaral> Mato Grosso do Sul
Tribunal de Justiça nega retirar feminicídio do caso Mayara Amaral
O julgamento de Luís Alberto Bastos Barbosa estava marcado para ocorrer no fim do ano passado, contudo, foi adiado diante do recurso da defesa

Empresário paraguaio sequestrado na fronteira é resgatado em mata> Terra sem lei
Empresário paraguaio sequestrado na fronteira é resgatado em mata
Imprensa paraguaia afirma que resgate de R$ 70 mil foi pago, mas vereador de Capitán Bado, cunhado da vítima, nega pagamento

Vereador de Campo Grande é acusado de estuprar garoto de 13 anos> Investigação
Vereador de Campo Grande é acusado de estuprar garoto de 13 anos
Pais disseram que ele teria confessado e dito que estava sob efeito de drogas

Com helicóptero e polícias integradas, fronteira de MS com Paraguai está em alerta> Confira
Com helicóptero e polícias integradas, fronteira de MS com Paraguai está em alerta
Objetivo é diminuir ações do crime organizado, forte na fronteira do estado com país vizinho

Pescadores fazem vaquinha para velório de criança de 6 anos que morreu afogada no rio Miranda> Confira
Pescadores fazem vaquinha para velório de criança de 6 anos que morreu afogada no rio Miranda
Corpo da criança de 6 anos foi localizado pelos bombeiros na manhã desta terça-feira

No primeiro dia de vaquinha, empresários já tem R$ 20 mil para Carnaval> Jardim
No primeiro dia de vaquinha, empresários já tem R$ 20 mil para Carnaval
Associação Empresarial de Jardim se reuniu na noite de segunda-feira com associados para apresentar proposta

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE