Autor se entrega 2 dias após homicídio em bar; vítima matou o próprio filho

“Baiano' se apresentou às autoridades dois dias depois de matar Durval Morales Gois a facadas em um bar na Vila Albuquerque; vítima cometeu crime em legítima defesa dezembro

| CAMPO GRANDE NEWS / BRUNA PASCHE


Casa onde Durval morava com o filho na Vila Albuquerque. (Foto: Arquivo)

Durval Morales Gois, de 68 anos, que em legítima defesa matou o filho de 38 anos a golpes de punhal no início de dezembro na casa onde viviam na Vila Albuquerque, foi assassinado a facadas na quarta-feira (9), depois de ameaçar de morte um servente de pedreiro de 38 anos, em um bar no mesmo bairro. O autor, conhecido como “Baiano' se apresentou a polícia nesta sexta-feira (11), contando que no dia do crime foi até um bar no bairro onde vivia a vítima, por volta das 6h.

Durval chegou cerca de duas horas depois. Ele teria pedido algumas doses de cachaça e estava tomando cerveja quando começou a xingar as pessoas que estavam no bar.

Baiano, então, teria pedido para que ele respeitasse o local onde havia inclusive pessoas mais velhas. Os dois discutiram e, segundo o autor, Durval o ameaçou, dizendo que já havia matado uma pessoa e que não se importaria em matar outra, indo para cima dele. “Eu achei que ele estava com alguma arma na cintura e peguei a faca que estava na minha, o atingindo três ou cinco vezes porque se eu não atacasse ele, ele ia fazer comigo, estava apenas me defendendo', relatou em depoimento.

Conforme informações do advogado de Baiano, Amilton Ferreira Almeida, depois do crime, o autor ficou com medo de ser atacado de volta e fugiu, passando em casa para pegar os documentos e indo para outro lugar não informado. “Quando passou o alvoroço, ele me contatou e decidiu se entregar porque está arrependido', disse.

Amilton justificou que o cliente estava com uma faca no momento do crime por conta de seu trabalho e que ela é utilizada para abertura de sacos de cimento, por exemplo. Ferreira informou ainda que como baiano se apresentou juntamente com a faca utilizada, irá responder pelo crime registrado como homicídio doloso qualificado, em liberdade.

Caso Durval - Aos 63 anos, Durval Morales Gois matou o filho de 38 anos a golpes de punhal. O caso aconteceu por volta das 19h30 na casa onde os dois viviam, na Avenida Major Gumercindo Bruno Borges, na Vila Albuquerque, em Campo Grande. Roger Augusto Pereira Gois chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, foi o próprio pai que acionou o socorro. O filho foi encontrado ferido na sala com cinco golpes de punhal. A arma usada no crime foi apreendida. Durval relatou aos militares e a polícia que vinha sendo agredido constantemente pelo filho - dependente de álcool e droga. Roger tem várias passagens pela polícia. Há 20 dias, ele arrancou o dente do pai durante uma das agressões.

Um dia antes, Roger teria chegado em casa embriagado e tentado agredir o pai novamente. Foi quando Durval se armou e acabou o atingindo com vários golpes no peito e no abdômen. Ele foi socorrido, mas morreu ainda dentro da viatura dos bombeiros. Durval foi levado à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado.

O delegado Hoffman D'Ávila, que atendeu a ocorrência, entendeu que o pai matou o filho por legitima defesa, pois constantemente sofria agressões. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, mas será investigado pela delegacia da área.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


LEIA MAIS

Vítima de acidente entre ônibus e caminhão aguarda por cirurgia> Mato Grosso do Sul
Vítima de acidente entre ônibus e caminhão aguarda por cirurgia
Batida aconteceu na tarde de ontem no quilômetro 455, da BR-163, em Campo Grande

Com a proibição da captura do Dourado, pescador pode pagar no mínimo R$ 2,7 mil em multa> Mato Grosso do Sul
Com a proibição da captura do Dourado, pescador pode pagar no mínimo R$ 2,7 mil em multa
A pesca predatória também prevê de 1 a 3 anos de detenção

Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste de 3,43%> Brasil
Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste de 3,43%
Índice atualiza teto previdenciário para R$ 5.839,45

Depois de matar e mutilar cães com facadas, suspeito é ameaçado de morte nas redes sociais> Rio Brilhante

Diretor da Sanesul vai para Detran e ex-secretário de Zauith assume estatal> Política
Diretor da Sanesul vai para Detran e ex-secretário de Zauith assume estatal
“Está praticamente tudo definido', disse Reinaldo Azambuja sobre o 2º escalão

Com R$ 2,2 bilhões do FCO para MS, Showtec abre calendário de investimentos> Maracaju
Com R$ 2,2 bilhões do FCO para MS, Showtec abre calendário de investimentos
Feira é oportunidade para investir em máquinas, ferramentas para correção do solo, dentre outras tecnologias

Investigada por tramar atentado não é alvo da Operação Themis, diz defesa> Mato Grosso do Sul
Investigada por tramar atentado não é alvo da Operação Themis, diz defesa
Defesa de Maika Nunes admitiu primeiro inquérito do Gaeco, mas nega envolvimento de cliente com o tráfico de drogas

Palhaço diz que não se matou porque faca ficou cravada no peito de vítima> Campo Grande
Palhaço diz que não se matou porque faca ficou cravada no peito de vítima
Silvana foi morta na quarta-feira (9) em uma quitinete na Rua das Valquírias. Porém, o corpo foi encontrado dois dias em terreno baldio

Em MS, 6,4 mil empresas devem R$ 136 mi e são excluídas do Simples Nacional> Enonomia
Em MS, 6,4 mil empresas devem R$ 136 mi e são excluídas do Simples Nacional
Empresas foram notificadas em setembro a pagar débitos com a Receita; retorno ao regime especial depende de quitação dos valores

Jorge Mercado Atacarejo informa as ofertas para hoje> É BARATO DE VERDADE!
Jorge Mercado Atacarejo informa as ofertas para hoje
Além de comprar barato, um lugar de fazer amigos!!!

Águia Negra vence Inter Flórida por 3 a 0> Amistoso

Resumo de Novelas: Samuca propõe fugir com Marocas> Na Telinha
Resumo de Novelas: Samuca propõe fugir com Marocas
Confira os resumos das novelas desta quarta-feira (16)

Trio que matou e deixou corpo de rival amarrado é condenado a 44 anos de prisão> Mato Grosso do Sul
Trio que matou e deixou corpo de rival amarrado é condenado a 44 anos de prisão
Sílvio Fortes, de 31 anos, foi levado até um matagal, ás margens da MS-430, onde foi executado com vários tiros. O trio ainda tentou arrancar a ca

Produtor é multado após 12 trabalhadores se contaminarem com agrotóxico> Mato Grosso do Sul
Produtor é multado após 12 trabalhadores se contaminarem com agrotóxico
Além da multa de R$ 10 mil o fazendeiro também pode responder por crime de poluição, cuja as penas variam de seis até quatro anos de prisão

Em Naviraí, polícia prende homem que foi condenado por estuprar filha de 3 anos> Ação
Em Naviraí, polícia prende homem que foi condenado por estuprar filha de 3 anos
O caso aconteceu em 2011. O estupro foi constatado por meio de um laudo técnico psicossocial realizado na época

Reinaldo e ministra Tereza Cristina participam de abertura do Showtec> Evento rural
Reinaldo e ministra Tereza Cristina participam de abertura do Showtec
Evento segue até a próxima sexta-feira e discute desafios do agronegócio e novas tecnologias para o Cerrado

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE