Reinaldo deve se reunir com ministro da saúde para discutir retorno das aulas

A informação foi repassada pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, durante live nesta segunda-feira (11).

| DOURADOS AGORA


Escolas públicas e particulares no Estado estão com aulas suspensasFoto: Arquivo

O governador Reinaldo Azambuja deve se reunir com o ministro da saúde Nelson Teich, nos próximos dias, para debater se Mato Grosso do Sul poderá retornar às aulas presenciais após o encerramento das férias, que termina dia 18. A informação foi repassada pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, durante live nesta segunda-feira (11).

O prefeito, que também deve participar da reunião, disse que não tem nada definido, mas existe essa possibilidade. 'Vamos a Brasília conversar com o ministro [Nelson], para saber se ele autoriza ou se determinará que caberá ao Estado e ao município decidir', disse Marquinhos.

Ele informou ainda que, se for decidido pelo retorno das aulas, representantes de escolas públicas e particulares serão chamados para discutir planos de biossegurança. No entanto, disse que entidades representante das escolas não apresentaram até agora nenhum tipo de plano para evitar a proliferação da covid-19. 'Sem esse plano não tem como conversar sobre volta às aulas', afirmou.

As aulas na rede estadual foram suspendas no dia 24 de março e desde então foi prorrogada. A medida adotada para evitar a disseminação do coronavírus foi seguida pelas prefeituras municipais e escolas particulares de todo o Estado.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE