Governo anuncia adiamento do Enem por 30 a 60 dias

Apesar do adiamento, inscrições seguem abertas

| CORREIO DO ESTADO / DA REDAçãO


Após aprovação no Senado, o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciaram hoje que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, nas versões impressa e digital, será adiado pelo prazo de 30 a 60 dias, devido a pandemia do novo coronavírus.  Provas seriam realizadas em novembro.

De acordo com comunicado oficial do MEC, para a escolha de nova data, o Inep promoverá uma enquete junto aos inscritos para o Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições seguem abertas até 23h59 desta sexta-feira (22).

Senado Federal aprovou na terça-feira (19) o texto-base do projeto que suspende a realização da prova. A proposta não estabelece uma nova data, mas prevê que processos seletivos como o Enem devem ser postergados enquanto durar o estado de calamidade decretado por conta da pandemia. O projeto ainda passará por votação na Câmara dos Deputados, mas o MEC e Inep decidiram pelo adiamento antes da nova discussão.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE