MEC autoriza aulas remotas e suspensão de atividades até o fim do ano

Em Mato Grosso do Sul, instituições públicas seguem sem ensino presencial

| JONES MáRIO / CAMPO GRANDE NEWS


Uems prolongou por tempo indeterminado a adoção de atividades remotas (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

Em portaria, o MEC (Ministério da Educação) autorizou as instituições de educação superior públicas e privadas a prorrogar a substituição das aulas presenciais pelas atividades remotas até 31 de dezembro de 2020.

As universidades que optarem pelas aulas à distância devem comunicar o MEC, via ofício, em até quinze dias após o início delas.

Publicada na edição desta quarta-feira (17) do DOU (Diário Oficial da União), a portaria ainda permite a suspensão das atividades acadêmicas presenciais até dezembro, e também a alteração do calendário de férias. Nestes casos, as universidades deverão repor as aulas para cumprir a carga horária dos cursos.

Para o curso de Medicina, apenas as disciplinas teórico-cognitivas do primeiro ao quarto ano e o internato poderão ser lecionadas de modo remoto.

As medidas do MEC são para evitar o contágio desenfreado pelo novo coronavírus. A primeira normativa autorizando aulas à distância havia sido publicada no meio de março.

As universidades públicas do Estado seguem sem atividades presenciais.

A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) prorrogou as aulas remotas por tempo indeterminado.

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) garante que continua com atividades à distância até o fim do semestre, que acaba no final de julho.

Já a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) têm aulas suspensas e trabalha para viabilizar o retorno das atividades de forma remota.

Os dez campi do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) seguem sem aulas presenciais pelo menos até 30 de junho. Comissão da entidade se reúne na próxima semana para definir se prorroga ou revisa a decisão.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE