Pai e filha morrem e outros 4 ficam feridos em acidente na BR-163

Entre as vítimas, estavam duas crianças. Elas foram levadas para a Santa Casa e liberadas após avaliação médica

| GEISY GARNES / CAMPO GRANDE NEWS


Natália estava com o pai e outras quatro pessoas no carro (Foto: Reprodução Facebook)

Pai e filha, de 71 e 34 anos, morreram em um acidente na BR-163 na manhã desta segunda-feira (14), no km 438, no trecho que liga Anhanduí a Campo Grande. Outras quatro pessoas da mesma família, entre elas duas crianças de 4 e 3 anos e meio, ficam feridas na colisão.

A família estava em um Fiat Uno. O idoso dirigia o veículo, onde também estavam três adultos – a vítima de 34 anos, outra mulher de 30 e um homem de 31 – e as duas crianças. Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu no momento que o motorista tentou fazer uma conversão à esquerda na pista. Assim que fez a manobra, foi atingido por um Ford Ka, dirigido por um homem de 58 anos e com passageira de 80.

Conforme a polícia, a mulher de 34 anos não resistiu aos ferimentos e morreu antes de receber socorro. O nome dela não foi divulgado, mas a reportagem a identificou como Natália Macedo. Nesta tarde, amigos e familiares usaram as redes sociais para se despedir da vítima.

Os outros ocupantes do carro foram levados para a Santa Casa de Campo Grande. O pai de Natália deu entrada na unidade em estado gravíssimo. Foi internado na área vermelha do pronto-socorro e horas depois sofreu cinco paradas cardiorrespiratórias. Os médicos tentaram reverter o quadro, mas não conseguiram. A morte foi constatada às 11h43.

A mulher de 30 anos permanece internada, em observação. Ela está na área verde do pronto-socorro consciente e estável no momento. Já o homem de 31 sofreu fraturas no fêmur, clavícula e pélvica. Passou por avaliação médica e aguarda cirurgia pelo setor de ortopedia, até lá, permanece na área verde, consciente e estável.

Os dois meninos foram levados para a unidade e receberam atendimento no pronto-socorro infantil. Nesta tarde, depois de passarem por uma avaliação completa, com vários especialistas, foram liberadas. Não há informações sobre o estado de saúde dos ocupantes do Ford Ka.

Segundo os policiais rodoviários federais que atenderam o acidente, o idoso não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e as crianças não eram levadas nas cadeirinhas, dispositivos de segurança obrigatórios. O caso será investigado pela Polícia Civil de Campo Grande.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE