Grupo terrorista liberta peão sequestrado com ex-vice-presidente do Paraguai

Adelio Mendoza, de 21 anos, foi solto pelos sequestradores próximo à fazenda de onde foi levado com o patrão na quarta-feira (09)

| ADRIANO FERNANDES E HELIO DE FREITAS / CAMPO GRANDE NEWS


Jovem sendo acalmando por moradores em comunidade indígena. (Foto: ABC Color)

Os guerrilheiros do  EPP (Exército do Povo Paraguaio) libertaram na tarde desta segunda-feira (14) o peão Adelio Mendoza, de 21 anos, que foi sequestrado na última quarta-feira (09) com o seu patrão o ex-vice-presidente do Paraguai, Óscar Denis Sánchez, de 74 anos.

Adelio foi solto em uma estrada próximo à fazenda Tranquerita, de onde ele e o político foram levados e que inclusive, pertence ao Óscar. A propriedade fica na região entre os departamentos de Concepción e Amambay, a 60 km de Ponta Porã (MS).

Em vídeo divulgado pelo portal ABC Color o jovem aparece em sua comunidade indígena Pãi Tavyterã, chorando e bebendo água enquanto é acalmado por outros moradores do local. O ex-vice-presidente, no entanto, continua sob o poder do grupo terrorista. A suspeita das autoridades paraguaias é de que o cativeiro fique próximo da fazenda do política.

Também é esperado que o jovem tenha trazido alguma mensagem do grupo para ser divulgada à família e para a polícia. A libertação de Adelio já havia sido anunciada pelos criminosos, na sexta-feira (11) em carta enviada à família do ex-presidente. Mendoza estava com o patrão em uma camionete, quando eles foram interceptados pelo grupo de criminosos em uma estrada dentro da fazenda Tranquerita.

As buscas de militares da FTC (Força-Tarefa Conjunta) aos sequestrados continuam com apoio de índios da comunidade Pãi Tavyterã, da qual Adelio faz parte. O governo do Paraguai, inclusive, ofereceu recompensa 1 bilhão de guaranis - em torno de R$ 1.200 - em dinheiro a quem revelar informações que possam levar aos quatro principais líderes do grupo terrorista EPP (Exército do Povo Paraguaio).

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE