Veja como será o ingresso nas universidades públicas do estado

Os vestibulando devem ficar atentos às datas dos vestibulares, já que teve mudança por causa da nova data do Enem

| CORREIO DO ESTADO / BRENDA MACHADO


Das universidades do estado, apenas a UFMS excluiu o Sisu do processo seletivo - Divulgação / Estadão

O final do ano já chegou e, com ele, o frio na barriga de quem pretende ingressar numa universidade no ano que vem, porém, o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), devido à pandemia da Covid-19, balançou a cabeça de quem vinha se preparando tanto.

Por isto, os vestibulandos devem ficar atentos para saber se a forma de ingresso na sua universidade dos sonhos não foi alterada.

Para que não haja imprevistos, é preciso se ligar no que cada instituição pública priorizou como porta de entrada para a faculdade.

UFMS

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul decidiu descartar o Sisu como parte do seu processo de seleção de candidatos, pelo menos para o primeiro semestre letivo do ano.

Em outras palavras, a UFMS não irá mais aderir ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), sistema do Ministério da Educação (MEC), pelo qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem.

Os interessados em ingressar na Universidade, devem se inscrever no Vestibular 2021, ou no Programa de Avaliação Seriada Seletiva (PASSE), que acontece em 3 etapas sequenciais.

Para se inscrever basta acessar o link da Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e a Cultura (FAPEC), lembrando que o prazo é até 14 de janeiro de 2021.

A taxa de inscrição é de R$120,00, e o período para a solicitação de isenção já foi encerrado.

Para o próximo ano, a Universidade está oferecendo 5.276 vagas, para 114 cursos, sendo que dois são novidade: o curso Educação e Processos do Trabalho: Alimentação Escolar – Tecnológico, na modalidade a distância; e o curso de Direito do Campus de Coxim, desenvolvido na modalidade presencial.

As cidades do estado onde as provas serão aplicadas são: Aquidauana, Chapadão do Sul, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã ou Três Lagoas.

A UFMS informou que o Vestibular também pode ser realizado na categoria 'treineiros', para queles que ainda não concluíram o ensino médio. A data prevista para a prova é 29 de janeiro de 2021, podendo ser reagendada, em razão da pandemia.

A prova é composta por 60 questões objetivos e uma redação.

Já em relação ao PASSE, a prova serve para candidatos que ainda estão cursando o Ensino Médio e desejam ingressar na UFMS de forma seriada, por meio de avaliações realizadas ao final de cada ano letivo, com conteúdos específicos daquele período.

 - A primeira etapa é direcionada aos alunos que irão concluir o 1º ano do Ensino Médio em 2020;

 - A segunda etapa é direcionada para alunos que irão concluir o 2º ano do Ensino Médio em 2020;

 - A terceira etapa é direcionada para alunos que irão concluir o 3º ano do Ensino Médio em 2020.

A prova é composta por 60 questões objetivas e, somente na terceira etapa, é aplicada a redação. A previsão é de que as três provas sejam realizadas no dia 5 de fevereiro de 2021.

Confira informações detalhadas dos exames através do link.

UFGD

A Universidade Federal da Grande Dourados continuará aceitando as duas formas de ingressos para os cursos de graduação: Enem e Vestibular próprio.

Iniciado em setembro, o período de inscrição para o Processo Seletivo Vestibular 2021  (PSV) vai até o dia 14 de dezembro.

Para o próximo ano, a UFGD está oferecendo 982 vagas em 33 cursos diferentes.

O Centro de Seleção da Universidade informou que, as vagas serão distribuídas igualmente, sendo 50% para aprovados no Sisu e 50% para aprovados no PSV.

A taxa de inscrição do Vestibular é de R$ 100, e o período para a solicitação de isenção já foi encerrado.

Conforme o cronograma, a data prevista para a realização do exame é 07 de fevereiro de 2021, sendo que o período da manhã será para focado na redação e o período da tarde na prova objetiva.

Em relação ao Enem, o vestibulando deve acompanhar as atualizações dadas pelo MEC, responsável pelo exame e pela abertura do Sisu.

Em caso de dúvidas, o contato pode ser feito pelos números de whatsapp: (67) 99298-6974 / 99332-4046.

UEMS

Diferente das demais, a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul tem três opções para ingresso nas graduações: o Sisu, o Vestibular e o chamado Processo de Seleção Permanente.

Os interessados em iniciar uma faculdade em 2021, podem participar do Vestibular da Universidade, o período de inscrição até o dia 24 de janeiro de do ano que vem.

O Processo Seletivo Vestibular (PSV) dividido em duas partes: a Prova Objetiva e a Redação, e está marcado para o dia 06 de fevereiro de 2021.

Ele acontecerá de forma presencial, em 17 cidades diferentes, entre às 14h e 19h.

A taxa de inscrição tem o valor de R$90,00, e o candidato que for egresso de escola pública, e quiser recorrer à isenção do pagamento da taxa, tem até o dia 14/12 para fazer a solicitação junto à Universidade.

No todo, os participantes irão disputar 1.101 vagas de 54 cursos presenciais distintos, sendo que a concorrência é de 50% para candidatos vindos do Enem e 50% para os que optarem pelo PSV.

Já em relação ao Processo de Seleção Permanente, ele se trata de vagas que, por ventura, podem sobrar após a finalização dos processos anteriores (Sisu).

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE