Dupla que matou policial em assalto é condenada, um dos réus a 20 anos

O outro jovem que participou do crime terá de cumprir pouco mais de 11 anos de prisão, ambos em regime fechado

| LINIKER RIBEIRO / CAMPO GRANDE NEWS


Movimentação no local do crime, no dia 20 de agosto de 2020 (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

A Justiça de Mato Grosso do Sul condenou Mateus Fernandes Araújo, de 22 anos, e Carlos Batista Lima, vulgo “Macaco', pelo roubo seguido de morte contra o policial Joel Benites da Silva, em agosto de 2020. Somadas, as condenações ultrapassam os 30 anos.

A decisão do juiz Roberto Ferreira Silva, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, é desta segunda-feira (18).

Carlos, acusado de trocar tiros com o policial, recebeu a maior condenação: 20 anos e 10 dias-multa em regime fechado. Já Mateus, mesmo tendo o juiz entendido que sua participação no crime foi menor que a do comparsa, foi condenado a 11 anos e 3 meses de prisão, mais 30 dias-multa. Ele também terá de cumprir a pena em regime fechado.

Na sentença, o magistrado pontuou que ambos agiram visando lucro fácil, à custa do sacrifício alheio, e que o comportamento da vítima em nada contribuiu para a prática do crime. A decisão também descarta o direito dos comparsas apelarem em liberdade.

O caso – Joel, que integrava equipe do GOI (Grupo de Operações e Investigações) foi morto no dia 20 de agosto do ano passado, após sofrer tentativa de assalto. O policial, que estava de folga, estava em frente à residência, na Rua Potiguaras, no Jardim Leblon, quando foi abordado pela dupla.

Câmeras de segurança flagraram toda a ação. Armados, os rapazes parecem apontar o revolver para uma pessoa que abre o portão da casa, após o policial estacionar veículo e descer do carro rumo ao imóvel, e, em seguida, um dos envolvidos atira contra o policial, que reage.

A pessoa no portão, segundo investigações, era filha da vítima. A irmã dele também estava na cena do crime, dentro do carro do pai. Em depoimento, as duas afirmaram não ter visto o momento em que a vítima foi ferida.

Conforme o Corpo de Bombeiros, os disparos atingiram a vítima na região do tórax. O policial recebeu os primeiros atendimentos ainda no local e foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do mesmo bairro, em estado grave, mas não resistiu.

Ao reagir a tentativa de assalto, o policial também atirou contra Carlos, que mesmo baleado fugiu. A dupla foi presa minutos depois do crime.

Joel Benites da Silva

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE