Genro de deputada será investigado por homicídio após acidente em rio de MS

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Servidor público se envolveu em acidente que matou pescador na tarde de sábado - Crédito: Divulgação/Redes Sociais

O servidor público estadual Nivaldo Thiago Filho de Souza, 36, genro da deputada estadual Mara Caseiro (PSDB), será investigado por homicídio. Ele é apontado como responsável pela morte do pescador Carlos Américo Duarte, 59, na tarde de sábado (1/5), durante pescaria no Rio Miranda. 

O suspeito pilotava uma embarcação que atingiu a outra ocupada pela vítima, o filho e mais uma pessoa. 

Em entrevista ao site Campo Grande News, o delegado Pedro Henrique Pillar Cunha, titular da Delegacia de Polícia de Miranda, disse que ainda apura se classificará o crime como culposo (quanto não há a intenção de matar) ou se houve dolo eventual (quando alguém assume o risco de causar morte).

“Estou tento contato com todas as informações referentes aos fatos, oitivas, circunstâncias hoje e vou tocar as investigações daqui para frente. Vão ser realizada perícias, oitivas e com isso, a gente vai procurar analisar se tem elementos de um homicídio culposo ou até de um dolo eventual”, comentou ao portal de notícias da Capital.

Além da Polícia Civil, a Marinha investiga o acontecido. 

Ainda segundo o Campo Grande News, por meio de nota, a Capitania Fluvial do Pantanal, do 6º Distrito Naval, informou que já fez levantamentos no local da ocorrência, curva próxima à região do Touro Morto, encontro dos rios Miranda e Aquidauana.

“O procedimento sob a responsabilidade da Marinha destina-se a elucidar os fatos inerentes à navegação, por meio da coleta das provas necessárias para a apuração da causa determinante do acidente, bem como identificar os possíveis responsáveis. A apuração também identificará as infrações cometidas e irão compor o processo a ser encaminhado ao Tribunal Marítimo, órgão responsável por julgar os acidentes e fatos da navegação, com jurisdição em todo o território nacional”, informa o texto.  

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE